“Paz e Ânimo”: Cônego João Antônio Darcie completou mais um ano de vida e fé

http://www.minhasaojose.com.br
Aniversário do Cônego Darcie foi sábado, dia 9 de abril. (Foto: Pedro Júlio Fotografias – Evidência Revista)

Texto: Natália Tiezzi

No último sábado, dia 9 de abril, o Cônego João Antônio Darcie comemorou mais um ano de vida, de fé, de orações, de ‘paz e ânimo’, duas palavras que fazem parte do diversificado vocabulário do querido padre e que é transmitido por ele, seja em suas missas, seja nos encontros casuais com os fiéis. 

Para que não sabe, o Cônego Darcie, apesar de ter nascido e sido criado em São José, não iniciou sua vida religiosa na cidade natal. “Fui para Mococa, onde criei a primeira Paróquia descentralizada da Matriz, a Sagrada Família. Entretanto, em 1989, a pedido do Bispo daquela época, fui transferido para Rio Pardo e iniciei minha vida religiosa aqui dia 31 de dezembro daquele ano”, explicou durante entrevista concedida à jornalista Natália Tiezzi, em julho de 2017, especial para a Evidência Revista, a qual destacamos alguns trechos ao longo desse artigo especial em homenagem ao Cônego.

Ele disse que se adaptou bem a nova Paróquia, a Matriz São José, pois foi muito bem acolhido pelos fiéis rio-pardenses. “O povo aqui sempre foi muito acolhedor comigo. Recebeu-me com muito carinho e respeito e isso se mantém até hoje. A adaptação mais difícil foi a estrutural, pois a igreja daqui era bem diferente de Mococa”, relatou.

Ao longo de sua trajetória de vida religiosa, que soma mais de 45 anos de dedicação à Igreja, o Cônego Darcie já realizou mais de 6 mil missas, 4 mil batizados e 2 mil casamentos.

Mesmo após mais de 30 anos de vida religiosa em Rio Pardo, o Cônego ainda é muito solicitado para orientação aos fiéis. Prova disso é que ele geralmente é parado nas ruas por muita gente que busca uma palavra, uma oração, uma orientação.

E a formação acadêmica do Cônego, em Pedagogia e Teologia, com ênfase em Psicologia, o ajuda muito nestes encontros com a população. “Essa formação me ajuda a entender a linguagem dos fiéis e o que realmente necessitam naquele momento”.

O Cônego disse que sempre procura orientar as pessoas no sentido de transmitir-lhes um pouco de paz e ânimo para seguir em frente, seja qual for o problema ou obstáculo a ser enfrentado.

“Gosto quando sou solicitado pelos meus fiéis, pois isso significa que as pessoas estão buscando a Deus através de minhas palavras, de minha orientação. Na verdade sou um pequeno instrumento de Jesus na permanência da fé”, ressaltou.

E sobre fé, o Cônego Darcie destacou que ela precisa ser ‘exercitada’ diariamente. “Costumo dizer que nossa fé deve ser alimentada, exercitada todos os dias, sejam eles bons ou ruins, pois somente assim estaremos fortalecidos espiritualmente para enfrentar qualquer obstáculo”.

Nossos parabéns ao Cônego João Antônio Darcie. Muita saúde, alegrias e sabedoria para orientar os rio-pardenses, que tanto o admiram e o respeitam!

A Paz e o Ânimo sempre estão presentes na vida do Cônego, que faz questão de também passar essa mensagem aos munícipes
http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br