Tribuna Livre: Membros da Santa Casa explanaram diversos assuntos na Câmara

http://www.minhasaojose.com.br
A diretora da Santa Casa, Jane Lucia Santurbano agradeceu a oportunidade para esclarecimentos e transparência que foi promovida pela Câmara

Após a realização da 25ª Sessão Ordinária, promovida na tarde de terça-feira, dia 12, membros da Santa Casa de Misericórdia Hospital São Vicente estiveram presentes ao Plenário para participação da instituição na Tribuna Livre.

O pedido à participação da Santa Casa na Tribuna foi do vereador Pedro Giantomassi, principalmente após a diretora da entidade, Jane Lucia Santurbano, ter tomado a palavra meses atrás durante a explanação de assunto de propositura que envolvia o nome do hospital.

Além de Jane, também estiveram presentes em Plenário o provedor, senhor Edson Roberto Furlan, o contador da Santa Casa, Vanderlei dos Reis Garcia, entre outros colaboradores de diversas áreas.

A diretora iniciou a explanação pedindo desculpas pela Santa Casa não ter atendido aos pedidos anteriores à participação na Tribuna e destacou que o espaço era uma excelente oportunidade de a instituição mostrar sua transparência nas ações, principalmente pelos temas propostos à explanação.

Entre esses temas, destaque para os convênios e contratos firmados com a Prefeitura relativos a cirurgias, aluguel do Pronto Socorro, reformas e ampliação do Pronto Socorro, atendimentos SUS (acolhimento), isenção de pagamento de água, pareceres desfavoráveis do Tribunal de Contas (2012/2015).

A explanação foi realizada pelo contador Vanderlei dos Reis Garcia, que iniciou explicando os pareceres desfavoráveis do TC/SP, destacando a falta de documentação dos atos operacionais de convênios, que geraram esse desfavorecimento. “Todos esses apontamentos já foram corrigidos retroativos, inclusive a partir de um novo plano de trabalho que estamos executando na Santa Casa relativo aos convênios. Estamos também recorrendo à Prefeitura para disponibilização de documentações específicas”, explicou.

Vanderlei também falou sobre o aluguel do espaço do prédio do Pronto Socorro, cujos reajustes no valor mensal do aluguel foram realizados com base no INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor. “Atualmente, o valor do aluguel mensal é de R$ 20.440,00”, informou.

Alguns vereadores questionaram o valor e destacaram que o prédio necessita de algumas melhorias em sua estrutura, principalmente com relação ao telhado. O contador Vanderlei solicitou para que seja comunicado pelo Pronto Socorro a Administração da Santa Casa para alinhamento das manutenções necessárias.

Vanderlei explicou, ainda, sobre a isenção do pagamento da tarifa de água pela Santa Casa, mencionando a Lei nº 4053, de 03 de maio de 2013. “A Santa Casa possui essa isenção, porém empresas prestadoras de serviço em imóveis da Santa Casa possuem hidrômetros identificados, entre elas a Ércio Perocco Júnior – Centro de Diagnóstico por Imagem, a CRN – Clínica de Hemodiálise e Nefrologia LTDA (poço artesiano) e o Pronto Socorro Municipal.

O contador Vanderlei dos Reis Garcia durante explanação na Tribuna Livre

Vereadores indagaram sobre a isenção da taxa de água também ao SAVISA. O contador explicou que o SAVISA não é uma empresa segregada da Santa Casa, e sim um departamento interno que atua na área de saúde suplementar e todos os recursos gerados através de suas atividades são revertidos integralmente para as finalidades institucionais da Santa Casa, que garante a isenção tributária a qual a Santa Casa se enquadra e é previsto em Lei”.

Ele destacou também os atendimentos SUS (acolhimento), onde demonstrou, por meio de pesquisa de opinião realizada pela Santa Casa, os pontos de satisfação e insatisfação dos usuários. Entre os elogios, destaque para os trabalhos promovidos pela equipe de enfermagem, profissionais de outras áreas como limpeza, cozinha. Como itens insatisfatórios, a pesquisa trouxe opiniões relativas à melhoria da estrutura como substituição de poltronas por mais confortáveis, sistema de ar condicionado nos quartos, etc.

Por fim, Vanderlei abordou sobre as Cirurgias de média complexidade e alta complexidade, que, segundo ele foram prejudicadas principalmente por conta da pandemia. “Antes da pandemia já havia, como sempre houve, infelizmente, filas de espera para realização dessas cirurgias, porém a partir deste mês de julho houve a centralização do agendamento dessas cirurgias pela Santa Casa, o que vai proporcionar melhor controle do fluxo, entre ele do Centro de Especialidades, Ambulatório e Saúde da Mulher, inclusive com ações conjuntas junto à Secretaria Municipal da Saúde, objetivando diminuir ao máximo essa fila de espera, principalmente com a realização de mutirão, o qual foi mencionado pelo vereador Pedro Giantomassi, que realmente vai acontecer. Atualmente temos 260 pacientes aguardando para realização de cirurgias eletivas, além de 52 cirurgias de alta complexidade a serem realizadas”.

Diversas dúvidas dos vereadores e também do público que acompanhava a explanação pelas redes sociais foram respondidas pelo contador, que agradeceu a oportunidade oferecida pela Câmara de esclarece-las. “Gostaria de também ressaltar a importância desse apoio da Prefeitura à Santa Casa na realização dos mutirões às cirurgias, bem como salientar que nosso hospital tem como objetivo maior proporcionar o melhor atendimento, acolhimento e tratamento aos pacientes, sejam de Rio Pardo e de todo colegiado da região que atendemos”.

O presidente da Câmara, bem como todos os demais vereadores, reconheceu o trabalho promovido pela Santa Casa, que é essencial ao município. “O papel da vereança novamente foi cumprido nesta noite, que é de fiscalizar, questionar e tentar compreender esses inúmeros assuntos abordados, principalmente para dar transparência à população sobre uma entidade tão importante à cidade como é a Santa Casa, bem como evitar possíveis problemas futuros, tanto à instituição como ao próprio Executivo, o que prejudicaria, obviamente, a população. Agradeço e parabenizo o colaborador Vanderlei pela explanação e conhecimento nos assuntos destacados e a todos os membros da Santa Casa aqui presentes, observando que esta Casa estará sempre de portas abertas para que o hospital possa se manifestar a respeito de qualquer tema de relevância à população”, concluiu.

O vídeo com o conteúdo na íntegra das mais de três horas de explanação da Santa Casa na Tribuna Livre pode ser acessado pelo link  https://www.facebook.com/camarasjriopardo/videos/558439112437692

Texto e fotos: Natália Tiezzi – Assessoria Parlamentar da Câmara.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br