Rio Pardo 2050: pesquisa quer revelar hábitos de consumo de produtos e serviços

http://www.minhasaojose.com.br

Objetivos também serão avaliar o comércio rio-pardense e sugerir possíveis melhorias

Dando continuidade aos questionários aplicados a diversas áreas no município, o Projeto Rio Pardo 2050 inicia nesta semana suas pesquisas junto aos consumidores de produtos do comércio e de serviços em nossa cidade. Entre outras características abordadas, o objetivo é saber quais são as suas sugestões para o comércio local e descobrir quais são os novos hábitos de consumo das pessoas pós a Covid-19 e suas implicações na economia local.

Para participar desta nova pesquisa, consumidores de produtos e serviços, moradores de São José do Rio Pardo, devem responder ao questionário através do link http://bit.ly/2GHnhCQ 

Após o fechamento desta nova fase de pesquisas, o Projeto 2050 pretende reunir os dados e traçar um perfil deste novo consumidor, entender suas necessidades e abordá-las junto a este setor econômico rio-pardense, comerciantes e prestadores de serviços, para coordenar estratégias e orientar sobre o futuro dos seus negócios e as novas formas de consumo.

Outra questão abordada e que será evidenciada pelo Projeto junto ao comércio e serviços são as novas demandas do consumidor, que também estão mudando frente à pandemia, sendo que algumas características podem se perpetuar em médio e longo prazo, como por exemplo, a sua preferência pelas compras online, os serviços de Delivery e a sua adaptação às compras essenciais e itens de primeira necessidade, assim como o desejo de mais facilidades para fazer suas compras, com maior conforto e sem ter que enfrentar filas para isso.

A ideia é que essas informações obtidas junto aos consumidores também norteiem as atividades comerciais e de prestação de serviços aqui em São José, e com o cruzamento destes resultados com as informações do Diagnóstico Urbano, o Projeto 2050 possa discutir sobre uma forte tendência de estudos recentes quanto à organização das cidades, como a descentralização dos núcleos comerciais tradicionais, ou seja, com a criação de pequenos centros em bairros mais afastados, oferecendo aos seus moradores opções de compras de produtos e serviços sem a necessidade de se deslocarem em longas distâncias de onde moram.

Com mais esta etapa, o Projeto Rio Pardo 2050 pretende proporcionar um entendimento sobre as novas características dos consumidores, contribuir com a discussão sobre o novo desenho urbano, sobre a composição do comércio e serviços oferecidos e sua distribuição na cidade, assim como orientar os empresários quanto a adaptação às novas tendências de consumo em curto, médio e longo prazos, para que São José continue sendo um importante centro regional de compras de produtos e serviços.

Natália Tiezzi – Assessoria de Imprensa Projeto Rio Pardo 2050.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br