O FEMP está de volta: Festival será temático à Ecologia e realizado no Tartarugão

http://www.minhasaojose.com.br

Aos nostálgicos e saudosos, o FEMP – Festival de Música da Primavera, que marcou gerações nos anos 80 e 90, está de volta e de cara nova. O evento, a princípio, será promovido nos dias 23, 24 e 25 de setembro, no Tartarugão, local onde se consagrou décadas atrás.

O Departamento de Esportes e Cultura – DEC informou que as primeiras reuniões e a elaboração do projeto do FEMP, que agora também tem sobrenome: “O CANTO DA TERRA”, já estão ocorrendo.

Para as gerações mais jovens, o FEMP foi o maior festival de MPB do país e neste ano de 2022 promete retornar ainda maior e cheio de novidades.

E as inscrições de músicas que concorrerão durante o evento já estão abertas e poderão ser efetuadas até dia 15 de agosto. O regulamento completo e a ficha de inscrição podem ser obtidos no site https://www.festivaisdobrasil.net

A ficha de inscrição também poderá ser entregue e protocolada na Fábrica de Expressão, à rua Francisco Glicério, 64, Centro, em São José do Rio Pardo.

“Este ano o Festival será temático e as letras deverão trazer temas ecológicos. A volta do importante evento musical, e agora com incentivo a conscientização ecológica, visa resgatar, preservar, fomentar, difundir e divulgar a produção musical popular brasileira e estimular por meio da concessão de prêmios, o potencial criativo e produtivo dos talentos dos músicos, compositores e intérpretes em defesa do meio ambiente e da natureza”, destacou o idealizador do FEMP e presidente do DEC, Maestro Agenor Ribeiro Netto.

Ele observou, ainda, que o evento permite o intercâmbio cultural, a formação de novas plateias, a revelação de novos talentos, além de despertar e incentivar o interesse da população pela boa música e contribuir para uma melhor qualidade de vida.

Agenor explicou que uma equipe de profissionais renomados da área musical vai selecionar duas composições de São José do Rio Pardo e 14  músicas de todo país a serem apresentadas no dia do evento e escolherá os vencedores. As 16 músicas classificadas receberão premiação em dinheiro.

“O FEMP- O Canto da Terra retornará em um momento importante para incentivar a economia local, estimular a cultura, enriquecer o nosso calendário de eventos, além de descobrir e apresentar novos talentos. É com muito prazer que colocamos esse projeto novamente ‘na rua’. Agora é arregaçar as mangas e continuar trabalhando. O Festival  voltará com outro formato e será readequado às novas tendências tecnológicas, mas não perderá a sua essência”, disse Agenor.

E preparem-se: “o tradicional show de encerramento promete muita emoção!”, afirmou o Maestro.

Com informações do DEC. Texto final: Natália Tiezzi

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br