Jovem grafiteiro desenvolve projeto para colorir espaços públicos

http://www.minhasaojose.com.br

CORES E CONSCIENTIZAÇÃO

Jovem grafiteiro desenvolve projeto para colorir espaços públicos

Quem olha para Thiago Fariah nem imagina que por trás de seus apenas 21 anos existe um jovem muito consciente em relação a vários temas polêmicos. Ele, que é paulistano, reside há 15 anos em São José, é de família humilde e estudou em escola pública, tem o sonho de conscientizar os rio-pardenses através da arte do grafite.

Tiago é Design Gráfico e desde muito pequeno já mostrava talento para o desenho. O contato com a técnica do grafite começou na adolescência, mas foi através de um evento/concurso, o ‘São José das Artes’ que ele demonstrou seu talento ao público.

“Fiz, com a ajuda de um amigo, um grafite na parte de trás do antigo prédio da Faculdade de Educação Física, onde hoje funciona o Projeto Guri. Foi meu primeiro grafite e tive uma resposta muito positiva das pessoas, que elogiaram minha arte e a partir daí comecei a pensar em fazer algo diferente na cidade por meio do grafite”, disse.

Idéias vão e vêm até que Tiago pensou que poderia usar o seu dom para passar uma mensagem positiva, dos mais variados assuntos como racismo, bullyng, família X tecnologia e, de quebra, deixar espaços públicos mais coloridos e com aspecto mais bonito. “Procurei várias pessoas, inclusive o vereador Rafael Kocian, que na hora aceitou apoiar o projeto”, destacou.

Apesar do projeto ser voltado para espaços públicos, a primeira pintura aconteceu no interior da Escola Euclides da Cunha, onde Fariah retratou seu patrono em uma das paredes (foto).

Empresas e pessoas que quiserem apoiar o projeto de conscientização através das cores pode entrar em contato com o vereador Kocian, através do whatsapp 9-9147-1235 ou pelo e-mail rafaelkocian@gmail.com. “Estamos arrecadando recursos para aquisição de material e assim expandir o projeto para demais áreas públicas da cidade”, concluiu.

 

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br