III Jogos de Inverno do RPFC: abertura contou com a participação de grandes nomes do esporte

http://www.minhasaojose.com.br

Evento também lançou oficialmente o Programa de Desenvolvimento Esportivo do alvinegro

Reportagem e texto: Natália Tiezzi Manetta

Atletas mirins e jivenis, professores e convidados durante a abertura dos III Jogos Intersócios de Inverno do RPFC

Na noite de segunda-feira, 15, o Rio Pardo Futebol Clube promoveu a cerimonia de abertura dos III Jogos Intersócios de Inverno, ocorrida no Ginásio Poliesportivo do alvinegro, e que contou com a presença de associados e convidados muito especiais, entre eles a ex-atleta da seleção brasileira de basquete e campeã olímpica Alessandra Santos de Oliveira e do técnico da equipe de basquetebol de Campo Mourão/PR, o rio-pardense Émerson de Souza.

Na programação, apresentações de dança pelo grupo do clube animaram o público, bem como a apresentação dos atletas que participarão dos jogos e o corpo docente alvinegro.

Alessandra e Émerson conduziram a ‘tocha olímpica’ e acenderam a pira simbólica que deu início aos jogos, que se estenderão até o final do mês.

Também estiveram presentes membros da atual diretoria do alvinegro e a psicóloga pós graduada em Psicologia do Esporte, Regina Brandão que, juntamente com o presidente do RPFC, Marcelo Callegari Zanetti, estão implantando no clube o Empowering Coaching, treinamento voltado à equipe de professores, cujo seu embasamento teórico e técnico foi utilizado para o desenvolvimento do Programa de Desenvolvimento Esportivo, o PDE, que o alvinegro passa a adotar a partir deste mês.

Apresentações de dança com o grupo juvenil do clube também fizeram parte do evento

EMPOWERING COUCHING E PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO ESPORTIVO

No último final de semana, os treinadores de diversas modalidades do RPFC participaram do 1º treinamento do Empowering Coaching, cujo programa é inédito no Brasil e os profissionais do alvinegro estão sendo os primeiros a vivenciarem suas teorias e práticas.

“É um grande orgulho para todos nós lançarmos esse programa aqui no Rio Pardo, um clube que nos acolheu e que nos permitiu a chance de poder mostrar para todos a importância de formarmos não apenas atletas, mas cidadãos. E cada técnico tem seu papel fundamental nisso, seja pela didática e também pela psicologia, duas frentes que devem estar sempre aliadas para a formação de bons atletas e boas pessoas”, destacou Regina.

Regina Brandão: uma das profissionais mais respeitadas na área de Psicologia do Esporte e uma das idealizadoras do Empowering Coaching

As teorias e práticas do Empowering Coaching embasaram o Programa de Desenvolvimento Esportivo, que foi lançado oficialmente pelo alvinegro durante a abertura dos Jogos de Inverno. “Mais do que a formação de atletas, o RPFC quer formar pessoas, tornando o esporte uma prática saudável, educativa e prazerosa para todas as idades, principalmente às crianças. Iniciamos uma nova era esportiva no clube e esperamos contar com o apoio de cada família, de cada pai e mãe para que juntos possamos formar excelentes atletas, é claro, mas, antes disso, cidadãos conscientes, seguros de suas ações e que enxerguem no esporte a chance de crescerem profissional e pessoalmente falando”, destacou Marcelo Zanetti.

ESPORTE PARA A VIDA

Em seu depoimento, o técnico Émerson de Souza enalteceu o trabalho da atual diretoria do RPFC e lembrou a importância de se trabalhar o esporte de forma educacional. “É gratificante para mim, que comecei no Basquetebol aqui no RPFC, ver que o clube está crescendo novamente e com muita qualidade no tocante aos esportes. O envolvimento do clube com a família é essencial para a formação de cidadãos e atletas e é isso que estamos tendo a oportunidade de ver aqui no alvinegro por meio do Empowering Coaching e do PDE”, disse.

O técnico Émerson de Souza destacou o trabalho de alta qualidade que vem sendo desenvolvido pela atual diretoria do RPFC e a importância de se trabalhar o esporte de forma educacional

Já a ex-atleta olímpica Alessandra Santos de Oliveira salientou que o esporte tem, cada vez mais, papel fundamental na formação do ser humano. “O esporte entrou na minha vida aos 11 anos e tudo que sou hoje devo a ele. Perdi meus pais muito cedo e foi nas modalidades esportivas que encontrei um norte para minha vida, inclusive profissional. O RPFC está de parabéns pelas iniciativas em oferecer não só treinamento técnico, mas fazer do esporte uma importante ferramenta de formação de cidadãos conscientes. Claro que será muito bom se daqui saírem grandes atletas, mas, primeiramente, devem sair seres humanos melhores e é essa a proposta do clube. Fiquei muito honrada em participar deste evento e poder incentivar, com minha experiência, tantas crianças a praticarem e permanecerem no esporte”, finalizou Alessandra.

“Claro que será muito bom se daqui saírem grandes atletas, mas, primeiramente, devem sair seres humanos melhores e é essa a proposta do clube”, disse a ex-atleta olímpica de basquete, Alessandra Santos de Oliveira
http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
Secured By miniOrange