Graciela Silva: Com voz marcante e muito carisma, rio-pardense se destaca na música

http://www.minhasaojose.com.br
Aos 40 anos, Graciela sonha em viver apenas da música e vem recebendo apoio e incentivo dos rio-pardenses (foto: Roberta Simões – RS Fotografia)

Entrevista e texto: Natália Tiezzi

Muitas vezes a música desperta emoções e sentimentos indescritíveis, tanto para quem está em cima do palco, quanto para os expectadores. E despertar lágrimas, sorrisos e movimentos não é fácil, mas essa rio-pardense vem, aos poucos, conseguindo através de sua voz marcante e seu carisma em cada uma de suas apresentações.

Graciela de Souza da Silva é uma mulher de 40 anos apaixonada pela música. E essa paixão começou cedo, inspirada e impulsionada pelo irmão, Rodrigo, e pelo FEMP – Festival de Música da Primavera. “A música entrou definitivamente em minha vida após eu assistir ao FEMP, já que meu irmão era percussionista e fazia parte da banda comandada pelo Maestro Agenor”, disse.

Embora não viva da música como, aliás, boa parte dos artistas brasileiros, os quais têm talento, mas não incentivo, já que o Brasil ainda precisa percorrer um longo caminho no tocante à valorização de sua arte e cultura, Graciela ainda sonha em ser uma cantora profissional, mas enquanto isso não acontece ela divide seu tempo entre soltar a voz e também as mãos, já que é cabeleireira.

Na época de estudante, Graciela foi aluna da E.E. Dr. Cândido Rodrigues e ainda neste período escolar, em 2004, aos 17 anos subiu em um palco pela primeira vez durante o Carnaval de São Sebastião da Grama.

Como cantores e compositores prediletos, a cantora destacou Ivete Sangalo, a qual também é inspiração para interpretar sua música favorita “Eva”, bem como Peninha, outro grande nome da música popular brasileira.

Graciela destacou dois de seus cantores e compositores preferidos: Peninha e Ivete Sangalo (foto: Roberta Simões – RS Fotografia)

Durante a entrevista, Graciela afirmou que uma das experiências mais marcantes que teve no palco foi neste ano. “Tive a oportunidade de fazer o Carnaval Virutal 2021, com a formação de banda do qual Maestro Agenor comandou. O maestro gostou de minha participação e veio a me convidar para outras gravações e uma delas com a Jazz Sinfônica. A sensação foi a melhor que já vivi. Uma experiência totalmente nova, como a primeira vez em um palco novamente após longo período de pandemia”, observou.

E foi com músicas de Sangalo que Graciela pôs o público para cantar e dançar na apresentação da Orquestra Jazz Sinfônica de São João da Boa Vista, durante a reinauguração da Fábrica de Expressão, ocorrida no final do mês de outubro. “Cantar junto à orquestra foi maravilhoso. Acho que consegui transmitir ao público aquilo que sempre me disponho quando subo ao palco: alegria e energia positiva!”.

Além de Agenor, o qual a cantora tem verdadeira admiração e gratidão, ela também mencionou a atual diretora de Cultura, Vanessa Paião, como grande incentivadora de seu trabalho. “Pessoas como a Vanessa e o Agenor são muito especiais para mim. Apoio e incentivo ao trabalho são essenciais nesta carreira”, afirmou.

Graciela finalizou resumindo, em poucas palavras, o que a música representa em sua vida. “Inspiração! Música dá vida ao que está morrendo, faz reviver. Ela é um combustível para a vida. É uma maneira de descrever e expressar humores e sentimentos. E, um dia, pretendo viver apenas por meio dela”.

Para quem quiser conhecer um pouco do trabalho de Graciela, o vídeo com a apresentação da cantora junto à Orquestra Jazz Sinfônica de São João está no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=OG80E-BEOhQ. O contato para shows é (19) 99207-1418 (WhatsApp).

A cantora durante apresentação junto à Jazz Sinfônica de São João da Boa Vista: “Um dos momentos mais marcantes de minha carreira”
http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
%d blogueiros gostam disto: