Coronavírus: Campanha Pública será promovida em escolas, comércio e demais espaços comunitários

http://www.minhasaojose.com.br

Secretária de Saúde, Márcia Biegas, disse que não há motivo para pânico e que o município está se preparando para enfrentar possíveis casos da doença

A Secretaria Municipal de Saúde está preparando uma campanha pública para orientações específicas sobre o Coronavírus (Covid-19), que será realizada nas escolas, comércio e demais espaços na comunidade. “A Vigilância Epidemiológica, juntamente com a Santa Casa, desenvolverá banners para colocação nos estabelecimentos públicos e setor comercial. Vamos apresentar a campanha pública ao médico infectologista Marcelo Galotti na próxima segunda-feira, 16, e assim que for aprovada já começamos as orientações nestes locais por meio dela”, informou a secretária municipal de Saúde, Márcia Biegas.

Nesta sexta-feira foi confirmado o 1º caso suspeito da doença, sendo uma mulher de 58 anos, que passou por atendimento no Centro de Referência da Unimed. Segundo a Secretaria e a própria cooperativa médica, a paciente está em isolamento domiciliar e tanto ela quanto pessoas próximas estão sendo monitoradas. Exames já foram realizados para confirmação ou não da doença.

Márcia também explicou que o município está se precavendo em caso de enfrentar uma epidemia. “A Secretaria da Saúde, juntamente com a Santa Casa, está analisando um espaço no hospital que seja reservado somente para atendimentos de casos confirmados de Coronavírus. Inclusive a Santa Casa já disponibiliza dois quartos que contam com respiradores para emergências, além de sete leitos de UTI, tendo a possibilidade de ampliação com mais dois leitos, conforme contato feito pela DRS que levantou a possibilidade deste aumento, atendendo a um pedido antigo do hospital”.

A secretária informou ainda que a Secretaria Municipal da Saúde, diante do caso suspeito vir a se confirmar e para o enfrentamento de uma epidemia, solicitará a contratação emergencial de profissionais da Saúde, tais como médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos em enfermagem. “Queremos deixar isso acertado com o setor jurídico da Prefeitura para que não haja burocracia caso enfrentemos uma epidemia”.

Ela tranquilizou a população e disse que não há motivo para pânico. E também orientou para que as pessoas procurem o Pronto Socorro somente em caso de Urgência e Emergência. “A recomendação é que as pessoas tratem gripes e resfriados em casa. Não é necessário ir ao P.S.. Somente vá quando os sintomas se agravarem, febre alta, muitas dores. Gripes e resfriados leves podem e devem ser tratados em casa. Vamos evitar aglomerações, inclusive no P.S., sem necessidade. Tudo isso se faz necessário para evitar o contágio”, finalizou.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br