Confira os assuntos abordados pelos vereadores nessa semana na Câmara

http://www.minhasaojose.com.br
Sessões Ordinárias são promovidas às terças-feiras, 15h00, com transmissão ao vivo pelos canais oficiais do Legislativo Municipal

Na tarde de terça-feira, dia 14, foi promovida a 21ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal e, entre os assuntos abordados pelos vereadores, destaque para a Casa Esperança, Patrulha Rural, manutenções em unidades escolares municipais e os 109 anos da Santa Casa de Misericórdia de São José do Rio Pardo.

O vereador Gabriel Navega, em um de seus requerimentos, solicitou à Casa Esperança informações sobre a possibilidade de contratação de segurança para o local, alegando que voluntários e funcionários se sentem inseguros em permanecerem no local, principalmente à noite.

Ele também requereu informações sobre as normas de funcionamento da Casa, com horários de refeições, entrada e saída, e se as pessoas em situação de rua que frequentam o local possuem tarefas a realizar para ajudar na ordem e manutenção do espaço, justificando a propositura pela função fiscalizadora do vereador a partir de solicitações de munícipes.

A falta de divulgação nos horários do transporte público coletivo foi tema de requerimento do vereador Paulo Sérgio Rodrigues ao Executivo Municipal. “Os munícipes pedem maior divulgação nos horários da circular, além de informações caso ocorram problemas que acarretem atrasos nas linhas, pois as dificuldades em obtê-las tem ocasionado situações desconfortáveis aos usuários como atrasos aos locais de trabalho, além do grande tempo de espera nos pontos de ônibus. Portanto, gostaria de saber como é feita a divulgação dos horários de ônibus pelos pontos da cidade e se há algum meio que o usuário possa obter informação com relação a atrasos ou problemas nas linhas”, justificou.

O vereador Pedro Giantomassi também questionou a Prefeitura sobre a aquisição de fios para a iluminação da praça Presidente Médici, no bairro Santo Antônio. Ele solicitou informações quanto à previsão para colocação do material na praça para que a iluminação funcione, justificando que a propositura foi elaborada para atender pedidos de munícipes que querem voltar a frequentar o espaço, que está às escuras.

Já o vereador Fernando Gomes solicitou informações ao Executivo Municipal referentes à EMEB Pequeno Samuel, na Vila Formosa. Ele questionou se há previsão para mudança de prédio da escola e, em caso positivo, quando será efetuada e qual o espaço que ocupará, já que em visita à unidade escolar notou que há pouco espaço físico para as crianças e equipes realizarem suas atividades. Ele requereu, ainda, o CNPJ da escola e gastos com a documentação em cartório, bem como se existe previsão para colocação de toldo na unidade escolar.

A falta de manutenção nos banheiros do Epidauro foi tema de indicação do vereador Moraci Bállico à Prefeitura. Ele sugeriu que a equipe competente proceda a limpeza urgente dos espaços, pois os usuários reclamam muito da sujeira e mau cheiro, sendo que estão sem condições de uso.

A acessibilidade na EMEIF “Profª Stella Maris Barbosa Catalano” foi tema de indicação do vereador professor Rafael Kocian ao Executivo Municipal. Ele sugeriu que o setor competente proceda estudos para a construção de rampa de acesso e/ou instalação de elevador ao pavimento superior da unidade escolar. “Desde a inauguração da escola há espaço reservado para instalação de elevador, entretanto não ocorreu. Destacamos que a escola não possui rampa de acesso, impedindo ou dificultando que as pessoas com deficiência cheguem ao pavimento superior de forma autônoma”, disse.

Kocian observou, ainda, que a referida escola já foi alvo de fiscalização do Tribunal de Contas estadual e por mais de uma vez foi realizado apontamento tanto de acessibilidade, quanto dos cabos elétricos disponíveis para instalação do elevador.

EXPEDIENTE LIVRE

Já no Expediente Livre, entre os assuntos abordados, destaque para o Patrulhamento Rural, que foi mencionado pelo vereador Pedro Giantomassi, que é o representante do governo na Câmara. “O Patrulhamento Rural está sendo promovido com duas viaturas, que fazem rondas e percorrem trechos de 50 a 80 quilômetros todas as noites, e também são promovidas durante o dia. Além de garantir mais segurança na zona rural, este serviço essencial está promovendo um entrosamento maior dos produtores e moradores junto à Guarda Municipal, tornando-a mais próxima dessa comunidade, que está enxergando a corporação como parceira e amiga”, observou o vereador.

O vereador Gabriel Navega reforçou o convite à população para que participe da inauguração da Associação Lucas Tapi em São José do Rio pardo, que será promovida em 20 de junho, à rua Agenor Taddei, 48, em frente ao Solar Supermercado, na Vila Bela Vista, durante todo o dia.

Por fim, o vereador Fernando Gomes utilizou a Tribuna para destacar os 109 anos de atividades da Santa Casa de Misericórdia, completados no dia 10 de junho, cuja data também foi mencionada por ele em Moção de Congratulações enviada à entidade. Fernando parabenizou o essencial trabalho realizado pelo hospital, principalmente no período da pandemia, sempre com empatia, respeito e zelo aos pacientes e familiares, reconhecendo as ações da provedoria e da diretoria, bem como dos colaboradores, de todas as áreas, que fazem da Santa Casa uma referência em atendimento não apenas no município, mas na região.

Texto e fotos: Natália Tiezzi – Assessoria Parlamentar da Câmara Municipal.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br