PEVI aguarda local para estabelecer a Casa de Passagem

http://www.minhasaojose.com.br

Antigo ‘prédio da merenda’, espaço onde abrigaria a entidade, está com impedimentos jurídicos

A Comunidade Terapêutica PEVI aguarda um local para estabelecer a Casa de Passagem, projeto idealizado pela entidade que pretende proporcionar mais diginidade a pelo menos 15 pessoas em situação de rua com alimentação, banho e dormitório.

A princípio, a Casa de Passagem seria estabelecida no antigo ‘prédio da merenda’, localizado no bairro João de Souza, entretanto, devido a impedimentos jurídicos, o local foi descartado. Outros imóveis foram sugeridos, mas não houve acordo entre a Prefeitura e os locatários.

A presidente do PEVI, Terezinha Presti da Silva, disse que a Casa de Passagem precisa ser estabelecida em imóvel que esteja na região central para que o trabalho possa realmente ser efetivo com as pessoas em situação de rua. “Não adianta estabelecermos o projeto em bairros distantes do centro, pois não há possibilidade de efetuarmos realmente os nossos objetivos, que é primeiramente acolher esses moradores de rua e, posteriormente, oferecer uma oportunidade de recuperação às suas dependências químicas no PEVI. Nenhum morador de rua, que geralmente fica vagando pelo centro, vai passar pela Casa de Passagem se essa estiver funcionando no Cassucci, por exemplo”, disse.

Ainda, de acordo com Terezinha, o PEVI já está com toda a documentação pronta à Casa de Passagem, além de já ter selecionado uma equipe multidisciplinar formada por 12 pessoas. “Essa equipe está ansiosa para começar o trabalho e o PEVI também. Só estamos dependendo deste local para iniciar o projeto. O PEVI trabalha com a população de rua há 27 anos, oferecendo tratamento voluntário para pessoas portadoras de dependência química. Como disse anteriormente, com a abertura da Casa  será possível realizar uma triagem e assim tornar o tratamento ainda mais acessível às pessoas em situação de rua”, concluiu.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br