Conhecimento e reflexão: Colégio Unigrau promoveu a 1ª UNIONU

http://www.minhasaojose.com.br
Alunos do Ensino Médio debateram sobre questões ambientais e socioeconômias durante encontros virtuais (Foto: Cleide Camillo De Martini)

Entrevista e texto: Natália Tiezzi. Fotos: Colégio Unigrau

Debater diversos assuntos de interesse nacional e internacional, envolvendo alunos, professores e convidados, gerando conhecimento e reflexão, além da disseminação dos temas abordados. Esses foram os objetivos da 1ª edição da UNIONU, desenvolvida pelo Colégio Unigrau entre os dias 8 e 11 de outubro.

O projeto foi desenvolvido desde o início do ano letivo pelos alunos do Ensino Médio, que foram divididos em 4 grupos e trabalharam temas específicos como Armamentismo Mundial e a Ocupação e Exploração da Antártida, Fome e seus reflexos ao planeta, Exploração dos Recursos Naturais e Poluição Ambiental, além de seus impactos que afetam diretamente a qualidade de vida de milhões de pessoas, pondo em risco diversas espécies.

A abertura do evento, assim como o encerramento ocorreram na Casa São José, seguindo todas as normas de prevenção à Covid-19. Porém, as reuniões para debater os assuntos foram promovidas virtualmente. Professores e coordenadores se surpreenderam com o engajamento e participação dos alunos.

“O projeto, que consistiu em reproduzir reuniões como as realizadas pela ONU, é praticado em muitas escolas de Ensino Médio e até Universidades que têm curso de Relações Internacionais. Os alunos do Unigrau conheceram o projeto no Colégio Crescer, de Jundiaí, também da rede Pitágoras. Fizemos as adaptações necessárias à realidade da escola, ainda mais pela situação da pandemia. Foi um grande desafio adequar o envolvimento, as discussões e a organização tudo pelo virtual. Mas foi um aprendizado que, certamente, dará mais bagagem para a edição de 2021, de forma presencial, se assim pudermos fazer no ano que vem”, comentou o professor de História, Marco de Martini.

O professor Pedro Fontão foi um dos convidados e falou sobre as mudanças climáticas e como elas podem influenciar nosso dia-a-dia

Ele ressaltou que tudo que é novo passa por uma preocupação inicial, principalmente entre os jovens, mas o colégio procurou incentiva-los nestes últimos meses, principalmente a terem confiança no desenvolvimento do projeto. “A primeira ação foi incentivar a confiança neles próprios, mostrando que seriam capazes de organizar a UNIONU e debater os cinco temas centrais com a maturidade necessária de alunos do Ensino Médio. A equipe de jovens coordenadores soube, no decorrer desses meses de ensino virtual, trabalhar essa confiança, mostrando como os temas escolhidos para o debate poderiam servir tanto como conhecimento pessoal quanto para os conteúdos que são cobrados nas avalições e vestibulares. O papel do professor foi apenas acompanhar e estimular este processo”.

A Coordenadora do Ensino Médio, professora Ana Lúcia Souza, também elogiou a atuação dos alunos, mesmo com a realização virtual. “Foi gratificante ver nossos alunos buscarem informações e envolverem-se em debates de situações que fogem do seu cotidiano. Com esse projeto, o Colégio Unigrau já antecipa as mudanças que ocorrerão no Novo Ensino Médio, que buscam incentivar o maior protagonismo na formação dos mesmos. Não podemos deixar de citar que o grande incentivador e professor que acompanhou os alunos semanalmente no desenvolvimento deste trabalho foi o Professor Marcos De Martini”, destacou.

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS

A 1ª edição da UNIONU contou com participações especiais, entre elas o ecólogo João Gabriel Ribeiro Giovanelli, rio-pardense, mestre e doutor em Ciências Biológicas pela UNESP de Rio Claro. Ele desenvolve estudos em ecologia e história natural, biologia da conservação da fauna de vertebrados e modelagem da distribuição geográfica potencial de espécies, principalmente em questões relacionadas às mudanças climáticas, reintrodução, espécies ameaçadas de extinção e invasão biológica, e pode contar um pouco de sua experiência aos alunos, enriquecendo ainda mais o debate sobre a preservação ao Meio Ambiente.

O encerramento do projeto contou com a presença do professor doutor Pedro Augusto Breda Fontão, que é Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista e Bacharel em Geografia, com ênfase em Análise Ambiental e Geoprocessamento, pela mesma instituição. Pedro possui experiência didática e científica na área de Geografia, com ênfase em Geografia Física, Análise Ambiental e Climatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: climatologia dinâmica, eventos extremos, variabilidade pluvial, análise ambiental, geoprocessamento e educação. Durante sua explanação, ele destacou os problemas causados pelas bruscas mudanças climáticas que já estão ocorrendo e também alertou para a importância da preservação da natureza, com pequenas atitudes que podemos fazer no dia-a-dia.

Alunos do Ensino Médio do Colegio Unigrau durante a UNIONU (foto: Cleide Camillo De Martini)
http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br