DESTAQUESAÚDE

Cirurgia Refrativa: Dra. Denise Ferreira explica sobre a técnica para quem quer se livrar dos óculos

http://www.minhasaojose.com.br

Procedimento é simples, feito a laser e recuperação também é muito tranquila para o paciente, avaliou a oftalmologista que é especialista neste tipo de cirurgia

Entrevista e texto: Natália Tiezzi

Corrigir o grau e se livrar dos óculos. Este é o sonho de muita gente que possui miopia, problema ocular que atinge milhares de pessoas que, em síntese, é quando o olho não consegue enxergar com nitidez objetos distantes.

E é possível fazer a correção do grau por meio de uma intervenção simples, a chamada Cirurgia Refrativa. Para falar sobre ela, inclusive sobre indicações e contraindicações, a reportagem conversou com a oftalmologista Denise Fronzaglia Ferreira, que é especialista neste tipo de cirurgia.

A médica também alertou que a miopia está crescendo mundialmente e isso pode estar associado ao uso excessivo de telas (smartphones, tablets, computadores e notebooks). Ela também falou sobre o tempo que podemos permanecer à frente das mesmas sem prejudicar a visão.

Confira, abaixo, a entrevista na íntegra e tire suas dúvidas

Dra. Denise, em quais casos a Cirurgia Refrativa é indicada?

Ela é indicada em pacientes com mais de 21 anos, que tenham miopia em grau estável (sem aumentos) por mais de um ano e preencham alguns pré-requisitos anatômicos (formato do olho) que avaliamos através de exames específicos.

Dra Denise observou que a miopia vem crescendo mundialmente e um dos fatores para esse crescimento da doença ocular é o uso excessivo de telas

Como a cirurgia é realizada e qual é o tempo para recuperação do paciente?

A cirurgia é simples, realizada por meio da aplicação de um laser próprio para essa finalidade. O afastamento obrigatório das atividades cotidianas é de uma semana, mas a visão pode ficar excelente em apenas 3 dias ou demorar até 3 meses para estabilizar, a depender da técnica utilizada.

É possível que a miopia retorne mesmo após a cirurgia refrativa?

É possível sim. Estima-se que 75-80% das correções cirúrgicas sejam definitivas e não necessitem de retratamento, sendo que a miopia tem melhor controle e hipermetropia ou astigmatismo tendem a regredir mais. Quanto maior o grau, mais chance de ter alguma regressão ao longo da vida.

Nestes casos, é possível fazer novamente a cirurgia?

Se a pessoa preencher os pré-requisitos de segurança é possível retratar.

O uso de celulares e tablets pode prejudicar a visão e tornar um olho míope ou mais suscetível à doença?

Sim. Já existem grandes estudos demonstrando isso, especialmente em países com escolas amplamente informatizadas como na China. Observa-se que quanto mais tempo sem atividades ao ar livre e em frente de telas, maior a tendência da população em apresentar miopia.

Qual o tempo médio que uma criança, adolescente ou adulto pode ficar em frente a uma tela sem prejudicar a visão?

O recomendado para crianças pela Sociedade Brasileira de Pediatria é:

De 0-2 anos o ideal é que a exposição às telas seja inexistente ou muito limitada;

Entre 2-5 anos: uma hora de tela com fins recreativos;

De 5-14 anos: duas horas de tela com fins recreativos.

Para o adulto, não existe recomendação formal, mas é importante fazer intervalos entre períodos muito longos de exposição.

É importante frisar que a exposição às telas durante a infância não prejudica apenas os olhos. Já há estudos que evidenciam prejuízo no desenvolvimento estrutural do cérebro da criança, resultando em dificuldades cognitivas, ansiedade, agressividade, déficit de atenção, estresse, depressão, entre outros.

Há algum horário do dia que seja pior para ficar à frente das telas?

Sem dúvida o uso de telas a noite é mais prejudicial. O excesso de luz prejudica a produção de um hormônio importante que ocorre nessa hora do dia, a melatonina, que está associada à qualidade do sono. O período que dormimos e a qualidade do sono são importantíssimos para a secreção de outros hormônios que regulam diversas coisas no corpo: em crianças, regulam crescimento e desenvolvimento corporal e cerebral; em adultos, regula níveis de estresse, fome, acúmulo de gordura, além de outras atividades. Portanto, use as telas com moderação. Isso poderá evitar muito além de um problema na visão!

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *