Vereador Henrique Torres propõe contratação de atuário pela Câmara para auxiliar estudos ao PL 176

http://www.minhasaojose.com.br

Após a Audiência Pública que apresentou e trouxe à discussão o Projeto de Lei nº 176, de 20 de outubro de 2021, de autoria do Executivo, que “Implementa a segregação de massa dos servidores públicos municipais, autoriza a concessão de empréstimos aos segurados do Instituto Municipal de Previdência de São José do Rio Pardo e dá outras providências”, o vereador Henrique Torres propôs que a Câmara contratasse um profissional atuário para auxiliar os vereadores com relação ao aprofundamento dos estudos sobre o déficit atuarial do Instituto Municipal de Previdência (IMP) e a própria segregação de massas. 

“Entendemos que como um atuário fez essa análise para a Prefeitura por meio de empresa especializada, a Câmara também necessita de acompanhamento e apontamentos feitos por um profissional, uma vez que o assunto é muito complexo e de suma importância, já que trata do futuro dos servidores públicos. A contratação do atuário auxiliará os vereadores para detalhamento e compreensão do PL, colaborando para que possamos futuramente vota-lo”, destacou o vereador. 

O pedido do vereador foi levado à Presidência da Câmara, que encaminhou à Assessoria Jurídica, sendo que, conforme os assessores jurídicos da Casa estão analisando a possibilidade da contratação do atuário. 

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
%d blogueiros gostam disto: