Vereador Henrique Torres destaca a falta de manutenção nos prédios e área do PROFAST

http://www.minhasaojose.com.br
Henrique destacou problemas estruturais nas edificações, lixo a céu aberto, entre outros problemas na área ocupada pelo Profast

Em requerimentos direcionados à Prefeitura e à Secretaria Municipal de Planejamento, Obras e Serviços, o vereador Henrique Torres questionou as condições dos prédios e área do Profast. Ele requereu informações sobre o local, que hoje abriga quase 80 famílias, que vivem em situação extremamente vulnerável.

“Estive no Profast e verifiquei vários problemas de infiltração, lixo a céu aberto e problemas estruturais nas edificações. Este caso está transitado em julgado em um processo judicial que estipula multa de R$ 20 mil por dia ao município. O valor atualizado já chega a R$ 21 milhões. Gostaria de ter acesso a relatórios de visitas de acompanhamentos da Secretaria de Assistência Social aos moradores, projeto atualizado da reforma pretendida pela administração e prazo estabelecido para conclusão da mesma”, disse Henrique.

Ele também solicitou informações a respeito dos prédios de Projeto Social no bairro Fartura, construídos para abrigar famílias carentes da comunidade.

“A obra em questão está parada há 25 anos e em consulta no Ministério Público o mesmo desconhece a existência deste local. Estive no espaço e solicito à Prefeitura que forneça a escritura do local, projeto para ocupação da área, relatórios de visitas técnicas e laudos técnicos emitidos por profissionais da Secretaria Municipal de Obras ou terceiros contratados”, concluiu

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br