Meningite, Sarampo e Dengue: Doenças que voltaram a preocupar neste ano

http://www.minhasaojose.com.br

Por conta da Pandemia, outras doenças ficaram um pouco esquecidas, porém são tão perigosas quanto o Coronavírus, entre elas a Meningite, o Sarampo e a Dengue. Com receio da Covid-19, muitos pais deixaram de levar as crianças para fazer as doses contra a Meningite e até mesmo Sarampo, a chamada vacina Triplice Viral, que também protege contra Caxumba e Rubéola.

No Brasil, as vacinas disponíveis pelo SUS contra a doença meningocócica são as meningocócicas C (conjugada) para crianças (de três meses a menores de cinco anos de idade) e adolescentes (de 11 a 14 anos de idade), por meio do Calendário Nacional de Vacinação.

Já para o Sarampo, a recomendação, segundo o CNV são duas doses antes da criança completar os dois anos e pelo menos uma dose quando adulto. Inclusive está ocorrendo a Campanha de Imunização contra o Sarampo, que vai até dia 31 de outubro, direcionada à faixa etária dos 20 aos 49 anos, sendo uma dose extra para todos.

Já a Dengue não possui vacina, entretanto é possível controlar o vetor, o mosquito Aedes Aegypti eliminando qualquer recipiente que possa acumular água e servir de criadouro.

Os números dessas 3 doenças chamam a atenção no estado de São Paulo. Somente neste ano foram registrados 1.500 casos de Meningite, sendo mais 800 pela forma viral, além de 818 casos de sarampo, com uma morte e 203 mil casos de Dengue.

A Vigilância Epidemiológica chama a atenção para que os pais fiquem atentos ao calendário de vacinação e levem as crianças para vacinar contra a Meningite e Sarampo, bem como os adultos também recebam a dose contra o Sarampo. Mais informações sobre horários e locais onde as vacinas estão sendo aplicadas pelo telefone 3682-9389, na V.E.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br