Escolas oferecem aulas e conteúdos online para que alunos não sejam prejudicados na quarentena

http://www.minhasaojose.com.br
Grande parte das escolas da rede pública e particular aderiu ao novo sistema de aulas

Reportagem e texto: Natália Tiezzi Manetta

A pandemia do Novo Coronavírus mudou a rotina de escolas, professores e alunos. Com a suspensão das aulas presenciais, as instituições de ensino rio-pardenses tiveram que se adaptar quanto à Deliberação do Conselho Estadual de Educação CEE 177/2020. Elas adaptaram a um novo sistema de aulas online, com conteúdos que podem ser acessados via plataformas digitais ou enviados por meio das redes sociais.

Cada escola optou pelo sistema online que melhor atende às suas necessidades e de seus alunos. O Colégio Unigrau, por exemplo, disponibilizou plataforma de estudos e conteúdos online, bem como atividades que são passadas todos os dias pelos próprios professores no mesmo horário em que as aulas presenciais aconteciam por meio de vídeos. “Tivemos que nos adaptar, até de forma bem rápida, a uma nova realidade de ensino e aprendizagem, com estratégias que garantissem a continuidade nos estudos para que nossos alunos não fossem prejudicados durante este período de isolamento domiciliar”, explicou Mariana Panizza Locatelli, uma das coordenadoras educacionais do Unigrau.

Mais importante que o próprio conteúdo disponibilizado aos alunos, ela destacou o acolhimento do colégio às famílias, que estão respondendo positivamente à nova forma de educação à distância. “Esse apoio da família (pais, mães, irmãos) está sendo fundamental, pois é ela que está acompanhando, auxiliando-nos nesta importante tarefa de trabalhar o conteúdo com os alunos. É uma parceria que a escola sempre primou e que nestes dias estamos colocando muito em prática”, afirmou.

Mariana disse ainda que os alunos estão interagindo bem aos conteúdos online. “Por isso optamos pelos próprios professores postarem os vídeos, no horário das aulas, justamente para que houvesse essa interação. Muitos alunos enviam fotos fazendo as tarefas, enfim, foi uma maneira que encontramos de interação e educação para que ninguém fosse prejudicado, estabelecendo uma certa rotina, mesmo que em casa”, observou Mariana.

“Aqui em casa está sendo ótimo essa ideia que a escola teve de fazer todas as aulas online, pois além de não parar com o conteúdo, já que não sabemos quando tudo voltará ao normal, ainda mantém minhas filhas ocupadas com os estudos. Estamos nos adaptando, pois é tudo novo para nós. Mas minhas filhas amaram a ideia de ver os amigos, os professores e fazer os deveres tudo sem sair do quarto. E a escola também dispõe de histórias e conteúdos extras, que são muito bem vindos, pois ficar confinado em casa não é nada fácil. Esse auxílio do colégio está sendo fundamental”, destacou Daisy Aparecida Guerrero, mãe das alunas Pyetra e Evellyn.

Outra escola que também se adaptou à nova realidade da quarentena foi a Jet Incorporated. De acordo com o coordenador Henrique, os professores estão passando os conteúdos online a seus alunos, que podem acessar as aulas pelo computador, smartphone ou tablet.

E a interação vem acontecendo não apenas com os alunos dessas escolas, mas com demais instituições de ensino da cidade, as quais a reportagem pode comprovar por conteúdos de professores via páginas do Facebook.

Nova rotina de estudos em casa: Participação dos professores e pais está sendo fundamental nas aulas online

O www.minhasaojose.com.br parabeniza todas as escolas rio-pardenses, bem como os professores, coordenadores e direção, além das instituições superiores de ensino por enfrentarem com muita dedicação, respeito e empenho essa fase de quarentena dos alunos, bem como pela agilidade em disponibilizar os conteúdos online com vistas ao não prejuízo de seus educandos.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br