Cooxupé passa a integrar Hub de Inovação  

http://www.minhasaojose.com.br

Ao lado de grandes marcas, cooperativa vai integrar uma das principais ferramentas do setor, com foco em competitividade, sustentabilidade e ganhos tecnológicos

Há décadas o agronegócio se supera seguindo para além das fronteiras agrícolas. E como a tecnologia é um dos elementos centrais para que a inovação seja realidade, a Cooxupé passa a fazer parte do AgTech Garage, um Hub de inovação focado em gerar conexões para o compartilhamento de ideias.

O modelo, de antemão, é particularmente novo e se pauta na lógica de mercado que prioriza a oferta de serviços acima dos produtos, e está centrada em pessoas e tecnologias para chegar a soluções em comum e, assim, impulsionar a competitividade dos seus parceiros.

Inovação aberta

Para Marcelo Augusto Pereira, Gerente de Estratégia, Inovação e Desenvolvimento da Cooxupé, o acordo vai permitir o fortalecimento no ecossistema de inovação aberta. “A parceria com o maior hub de inovação do agronegócio da América Latina nos dá uma excelente oportunidade de nos relacionarmos com os maiores players do ramo e nos prepararmos para as evoluções tecnológicas”, explica. 

Nesse sentido, o presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo, destaca: “a cooperativa prevê o desenvolvimento sustentável, com a otimização dos processos – do plantio à comercialização do café – para proporcionar aumento da produtividade e redução nos custos, abrindo mais possibilidades aos nossos produtores cooperados”. 

AgTech 

O AgTech é um Hub de Inovação formulado, a princípio, em 2017, que conta hoje com mais de 80 empresas, líderes em seus segmentos, e mais de mil startups conectadas em uma plataforma virtual com o propósito de fomentar a prática da inovação entre os parceiros, por meio de jornadas de aprendizagem, que contam com encontros quinzenais no ambiente híbrido.

Dessa forma, Pereira avalia que a Cooxupé vai se beneficiar das experiências com outros elos da cadeia. “Neste primeiro momento iremos buscar bastante conhecimento sobre inovação aberta e tecnologias relacionadas aos agronegócios. Já estamos participando da Jornada de Aprendizagem da AgTech, onde quinzenalmente o hub promove este evento que é a oportunidade para os colaboradores experimentarem a escola do futuro, agora”, conta.

E, como resultado, cada dia da semana segue um eixo específico: na terça-feira é o eixo campo, na quarta-feira é o eixo tecnologia e na quinta-feira é o eixo gestão, sendo que cada encontro tem uma hora de duração.

Criando conexões 

Por fim, o Gerente de Estratégia, Inovação e Desenvolvimento da Cooxupé cita ainda outros ganhos em partilhar conhecimento com empresas, corporações e universidades. “A vantagem principal reside na velocidade de desenvolvimento. Dentro do relacionamento no ecossistema de inovação, as soluções possuem um olhar mais amplo, permitindo que possíveis alternativas venham a se tornar negócios”, pontua Pereira.

Assim, a pandemia, que fortaleceu a interação digital, acelerou também o processo de conexão dos diferentes parceiros no Hub de Inovação, como frisa o vice-presidente da Cooxupé, Osvaldo Bachião Filho. “Em consonância com a missão da Cooxupé e com o Planejamento Estratégico, a parceria fortalecerá a cooperativa a partir da interação colaborativa no ecossistema de inovação. Nosso grande propósito é ser o elo entre as novas soluções à cadeia produtiva do café e agregar valor ao negócio do cooperado”, conclui. 

Cooxupé passa a fazer parte do AgTech Garage, que tem como foco gerar conexões para o compartilhamento de ideias

Phábrica de Ideias – Assessoria de Comunicação

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br