Cerimônia promovida pela 1ª vez pela Câmara Municipal marca o 9 de Julho

http://www.minhasaojose.com.br
O Professor Marcos De Martini explanou sobre a Revolução Constitucionalista, sendo um marco à história brasileira de ontem e hoje

Texto: Natália Tiezzi – Assessoria Parlamentar da Câmara Municipal. Fotos: Matheus Schiavon

A Câmara Municipal promoveu, pela 1ª vez, cerimônia alusiva à Revolução Constitucionalista, lembrada em 9 de julho. O evento, realizado no estacionamento da Casa Legislativa, contou com a presença dos vereadores Lúcia Libânio, Moraci Bállico, Fernando Gomes, Pedro Giantomassi, Thais Nogueira, além do presidente vereador professor Rafael Kocian. Entre as autoridades presentes, prestigiaram a cerimônia a vice-prefeita Algemira Pinheiro de Souza, representando o prefeito Marcio Zanetti, que já tinha compromisso agendado, o 1º Sargento e Chefe de Instrução dos Tiro de Guerra 02-038, Lenildo Pereira da Silva, juntamente com os 50 atiradores que formam o TG deste ano, o 1º tenente PM Mauricio Sperandio Felipe Junior, o secretário municipal de Educação, Luis Carlos Caruso e o professor Marcos De Martini, convidado especial da manhã, que explanou sobre o Movimento que marcou o país não apenas na década de 30, mas em toda a história brasileira, de ontem e de hoje.

Durante sua explanação, entre as excelentes explicações sobre a data, o professor Marcos De Martini destacou que a Revolução Constitucionalista foi um movimento armado iniciado em 9 de julho de 1932, liderado pelo estado de São Paulo, que defendia uma nova Constituição para o Brasil e atacava o autoritarismo do Governo Provisório de Getúlio Vargas. Durante quase quatro meses, os paulistas entraram em confronto com tropas fiéis a Vargas e, isolados, foram derrotados. Todavia, o levante não foi em vão, pois, em 1934, era promulgada a nova Constituição brasileira. 

O professor observou que o Inconformismo também foi de São José do Rio Pardo durante a tentativa de rompimento com o Império e a Proclamação da República, sendo que três meses antes da Proclamação da República, ocorreu aqui em Rio Pardo o Movimento Republicano, muito representativo.

O vereador professor Rafael Kocian observou que o inconformismo dos antepassados muitas vezes precisa se fazer presente ao cotidiano das novas gerações para garantia de mudanças em diversas áreas

Já o vereador Rafael Kocian destacou que a cerimônia de 9 de julho fará parte do calendário oficial de eventos da Câmara da à sua importância no contexto histórico. “Este é o primeiro ano que a Câmara promove esta cerimônia, um marco para essa Casa Legislativa dada a importância da data, que não é apenas um feriado, mas o início de um importante movimento que deu origem à nova Constituição brasileira. Naquela época, soldados e o povo reivindicava uma ordem constitucional e lutou por isso, fato que precisa ser prezado e lembrado, inclusive pelas novas gerações. Aquela ‘semente’ germinada, infelizmente por meio dos conflitos, culminou, em 1934, na elaboração de uma nova Constituição. Esse inconformismo faz parte da nossa história e muitas vezes precisa fazer parte do nosso cotidiano à mudança, ao novo”, finalizou Kocian

Ele agradeceu a presença de todos à cerimônia, bem como aos colaboradores Luciana Callegari Perussi, diretora administrativa e executiva da Casa, que conduziu os trabalhos, e Matheus Schiavon, coordenador da Escola do Legislativo.

CONFIRA MAIS ALGUNS MOMENTOS DA CERIMÔNIA

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br