Abertura da Feira “Mentes do Amanhã” reuniu centenas na Escola De Grau em Grau/COC

http://www.minhasaojose.com.br
Visitantes foram recepcionados pelas irmãs Sylvia e Selma Poggio, além de toda equipe do colégio

Reportagem e texto: Natália Tiezzi Manetta. Fotos: Leandro Manetta

Um colírio para os olhos, um show de conhecimento e informação. Foram essas as sensações do grande público que prestigiou a abertura do projeto “Mentes do Amanhã”, promovido na noite de terça-feira, 1º de outubro, pela Escola De Grau em Grau/COC.

Neste ano, a tradicional Feira protagonizou os cuidados com o futuro, principalmente relativos à questão do Meio Ambiente, problemas atuais enfrentados no país, e envolveu os alunos de todos os ciclos que o colégio mantem, desde a Educação Infantil ao Ensino Médio.

“A pesquisa e o desenvolvimento dos trabalhos começaram desde o início do ano letivo e foi muito gratificante notar o envolvimento dos nossos alunos, pois a fase do pesquisar é uma das mais importantes e que garantem o aprofundamento dos temas”, destacou a diretora Sylvia Poggio Bizzarri.

Ela também salientou que, além de ampliar o conhecimento, outro ponto relevante foi a vivencia do trabalho em equipe e a integração, objetivos que foram plenamente alcançados. “O projeto e as pesquisas, bem como essa interação, contribuem de forma significativa na melhoria dos índices de aproveitamento e desempenho escolar do aluno em suas habilidades, competências, atitudes e valores para a vida”, concluiu a diretora.

A RIQUEZA DE DETALHES NOS TRABALHOS: DEDICAÇÃO

O capricho dos trabalhos, com riqueza de detalhes, chamou a atenção dos visitantes da feira. “É tudo muito bem feito, muito bonito”, disse Priscila Mendonça Merli, mãe de dois alunos da escola.

A mamãe Ana Paula Furlan Pimentel disse que a cada ano a Feira surpreende, principalmente com relação aos conteúdos. “Meu filho estuda aqui desde o maternal. Hoje ele está no 2º ano e os trabalhos foram voltados à preservação do Meio Ambiente. Um tema muito atual, que desperta esse interesse pelas inúmeras formas de preservar a natureza”, comentou.

As alunas Isabela Rodrigues de Oliveira e Marília Figueira Barbisan, do 8º ano, destacaram que um um dos melhores momentos de todo o trabalho, além, é claro, da Feira em si, é a pesquisa para sua formatação.

Por falar em pesquisa, um dos destaques do evento foi a apresentação da releitura de um clássico da literatura brasileira, que também se tornou filme através dos alunos do 9º ano, “O Pagador de Promessas”, que foi apresentado aos visitantes na própria sala, empolgando e emocionando o público.

“Os temas escolhidos para os trabalhos sempre buscam evidenciar os conteúdos mais relevantes de cada período escolar. Na Educação Infantil, por exemplo, destaque para os Contos de Fadas, a magia do primeiro contato com a leitura. Já o Ensino Fundamental, a essência foram temas relacionados ao Meio Ambiente e sua preservação, e no Ensino Médio assuntos do próprio dia-a-dia, bem como um estudo mais aprofundado de tudo que foi estudado até aqui pelas três séries. A Feira, que é o produto final destes seis últimos meses de muita dedicação e envolvimento, gratifica-nos, pois temos a oportunidade de levar conhecimento e informação para toda a comunidade que, nestes 20 anos, sempre nos prestigia”, concluiu Sylvinha.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br