Vidas pessoal e sexual da mulher: Elas não acabam após a gestação!

http://www.minhasaojose.com.br
A fisioterapeuta explicou que é natural a auto estima baixa nos três primeiros meses, mas destacou que os exercícios físicos podem melhorar muito além do condicionamento físico das mulheres após esses 90 dias

Por: Karina Delgado Maida Uchiyama – Fisioterapeuta Cardiovascular

Aaaah, a vida de mamãe… Para muitas mulheres que converso significa que após o parto tudo acabou! Sua vida é seu bebê. Venho hoje aqui dizer a vocês que de forma alguma isso pode passar pela sua cabeça. Você não deve anular sua vida como mulher por conta da maternidade!

Após o parto a mulher fica cansada (exausta, melhor dizendo), o corpo não está legal, o sono já não existe mais (eu pelo menos sei exatamente a data da última noite que dormi de verdade, 22/12/2019). Me diga, você sabe a data da última noite que dormiu, não é mesmo?

Vocês não estão sozinhas, mas a sensação de solidão, mesmo com a casa estando repleta de chororô e risadinhas de bebê, é inevitável. Sozinha e de mal com o espelho – isso é um passo para sintomas depressivos, são dois passos para a perda da autoestima e são três passos para abalar a relação com seu parceiro.

O que fazer neste momento? O clichê é dizer: tire um tempo para você! Mas este é um clichê inevitável… Nem se esse tempo para você implicar colocar seu bebê no carrinho, levar o carrinho para o banheiro com você e tomar um banho tranquila vendo aquele rostinho.

Mas, tecnicamente dizendo, como fica minha vida após a gestação? Como fica meu corpo e minha relação com a sexualidade? Bom, após o parto o corpo demora de 3 a 6 meses para retornar aos seus níveis hormonais “normais”. Então a primeira dica que eu dou é: antes dos 3 meses pós parto não se desespere, pois dificilmente você conseguirá grandíssimos resultados estéticos. Os três primeiros meses são um período de perda de peso, de adaptação à nova rotina e da tentativa de retomada a alguma atividade física.

“Antes dos 3 meses pós parto não se desespere, pois dificilmente você conseguirá grandíssimos resultados estéticos”, destacou a fisioterapeuta

Mas aí vem a surpresa: é muito comum quando se completa 3 meses pós-parto algumas “tragédias” aparecerem na sua vida, como queda de cabelo, aparecimento de manchas que você não havia percebido, e a sensação de flacidez.

Mas, calma: essa queda de cabelo, muitas vezes excessiva, que ocorre ao terceiro mês, é normal. Ela acontece porque durante a gestação seu cabelo ficou mais forte, e caiu muito menos, agora o seu corpo, que está retornando à normalidade hormonal, faz essa compensação. Além disso, a amamentação acelera nosso metabolismo, e, assim, a queda de cabelo também pode ser acentuada.

Por outro lado, a amamentação nos auxilia na perda de peso. Então pelo bem do bebê e pelo bem do corpinho da mamãe vale a pena tentar amamentar (se você consegue ou conseguiu amamentar, muito bem! É sensacional. Mas se você não conseguiu, não se culpe, você não é menos mãe por isso e está tudo bem, seu bebê será também saudável).

A flacidez também começa a surgir, isso porque a mulher perde peso e as coisas parecem não estar mais no seu devido lugar. No entanto, após a alta médica, a mulher pode retomar sua rotina de atividade física. Sim, sei que com bebê é praticamente impossível retomar uma rotina de exercícios, então inclua-o ele nesta rotina! Faça exercícios com o bebê, seja uma caminhada com ele no carrinho, sejam abdominais com ele ao seu lado. Tudo dentro do SEU possível.

Sabe aquela sensação dos seus órgãos estarem “flutuando”? Então, isso também passa! Passa com o tempo pós-parto e passa de uma forma ainda melhor se você volta ou começa a se exercitar de forma rotineira.

A vida sexual também deve voltar ao normal após a alta médica, e não se esqueça de ter um bom método contraceptivo, afinal, não é seguro do ponto de vista físico/fisiológico ter gestações muito próximas uma da outra.

Mas ao retornar à atividade sexual pode haver uma sensação estranha, inclusive de flacidez na região vaginal. Para isso, você pode e deve fazer exercícios de fortalecimento do assoalho pélvico (estes exercícios podem ser iniciados ainda na gestação). Eles vão te ajudar na prevenção de incontinência urinária e melhorar de forma importante sua vida sexual. Você, mulher, sentirá mais prazer, e o seu parceiro também notará a diferença. Costumo recomendar também, principalmente para as mulheres que tiveram parto normal, o uso de lubrificante a base de água neste recomeço/retomada da vida sexual!

Em resumo: tratamentos estéticos terão resultados melhores a partir dos 3 meses após o parto; o exercício físico deve ser adicionado na sua rotina mesmo que seja meia horinha, incluindo o seu bebê nesta rotina, isso faz bem para o corpo e para a alma; a vida sexual é importantíssima, não deixe-a de lado e cuide do seu assoalho pélvico.

Você é capaz de ser mãe e mulher, separadamente, e em conjunto também! A felicidade da mãe reflete no bebê, então não deixe de ser feliz com sua alma e com seu corpo.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br