Superintendente Daniel Cobra abordou situação financeira da SAERP

http://www.minhasaojose.com.br
Daniel observou a necessidade de reajuste nas tarifas de água, com correção a partir do índice inflacionário, cuja proposta será levada ao Executivo Municipal

Na tarde de terça-feira, dia 21, o superintendente da SAERP, Daniel Garcia Cobra Monteiro ocupou a Tribuna Livre da Câmara para abordar a situação financeira da autarquia.

O assunto já havia sido evidenciado junto aos vereadores, porém o presidente da Câmara, vereador Rafael Kocian convocou a Tribuna para que a população também se inteirasse da situação, uma vez que, segundo o superintendente poderá ocorrer correção de valores nas tarifas de água, que serão referentes ao índice inflacionário, justamente para equilibrar as contas da SAERP.

“É importante que a população conheça a realidade da SAERP, suas dificuldades em relação a manter sua saúde financeira, principalmente por conta dos aumentos de insumos, inadimplência, entre outros fatores que colaboraram para esse déficit, e fiquem cientes que qualquer reajuste nas tarifas será para não sobrecarregar ainda mais essa dívida da autarquia e estão previstos, inclusive, pelo Tribunal de Contas”, observou Kocian.

Daniel Cobra iniciou sua explanação demonstrando as receitas e despesas da SAERP e destacando justamente o aumento dos insumos para o tratamento da água, bem como materiais para manutenções das redes. “O aumento de apenas um insumo que utilizamos foi de 50% e essa foi a menor porcentagem. Praticamente tudo ficou mais caro”, observou.

O superintendente destacou, ainda, sobre a arrecadação da SAERP, que aumentou no último mês, mas mesmo assim não foi suficiente para equilíbrio às despesas.

“Estamos conseguindo diminuir a inadimplência e aumentar o valor arrecadado em dívida ativa, por exemplo. E isso vem ocorrendo devido às execuções que estamos promovendo. Para termos uma ideia, em 2021 foram realizadas 89 e neste ano já foram 365 execuções, com 1.512 notificações de contas, 774 cortes, além de renegociação de dívidas e parcelamentos”, informou.

Os vereadores também questionaram o superintendente, principalmente com relação à rede de água e esgoto

Ele afirmou que, infelizmente, o que vem proporcionando mais resultados positivos é o corte da água. “Essa é a última alternativa e neste momento vem surtindo resultado. Apesar de muitos munícipes renegociarem suas dívidas, alguns deixam de quitar as parcelas, o que volta à dívida ativa, ou seja, não honram com seus compromissos, mesmo a SAERP proporcionando essa alternativa de parcelamento”.

Embora com todas essas tentativas, Daniel Cobra observou que está difícil equilibrar as contas da autarquia, que hoje possui um déficit de quase R$ 4 milhões. “Conforme o próprio Tribunal de Contas aponta, a autarquia pode propor um reajuste nas tarifas para equilíbrio de sua saúde financeira. É o que estamos propondo ao Executivo Municipal para que analise a possibilidade de reposição do índice inflacionário. Com essa correção, a tarifa mínima passaria de R$ 34,83 para R$ 38,88 e mesmo assim a conta não fecharia e ainda teríamos um déficit próximo de dois milhões, mas auxiliaria a autarquia”.

Daniel também observou que a SAERP não pode e não deve mais ‘empurrar’ algumas dívidas como infelizmente ocorreu em administrações anteriores, inclusive com a própria CPFL. “A inadimplência com a CPFL, por exemplo, nos impedia de buscar uma migração ao Mercado Livre de Energia, que é um dos objetivos da SAERP. Portanto, levaremos essa proposta de reajuste ao prefeito e não reajustaremos porcentagens que não estão previstas em lei, apenas a reposição inflacionária, como já mencionado”, concluiu.

Após a explanação, Daniel respondeu a questionamentos dos vereadores, inclusive relativos às manutenções na rede de água e esgoto.

O conteúdo completo da participação do superintendente da SAERP na Tribuna Livre pode ser acessado pelo link https://www.facebook.com/camarasjriopardo/videos/988975668454835

Texto e fotos: Natália Tiezzi – Assessoria Parlamentar da Câmara Municipal.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br