Sessão da Câmara: Confira alguns assuntos abordados pelos vereadores nesta semana

http://www.minhasaojose.com.br

No retorno dos trabalhos em Plenário após o recesso, a 26ª Sessão Ordinária da Câmara, promovida na tarde de terça-feira, dia 2, abordou assuntos voltados principalmente às áreas de Educação, Saúde, Manutenção Pública e Obras.

Em requerimento direcionado à Prefeitura e à Secretaria Municipal de Educação, o vereador Eduardo Ramos solicitou informações sobre a falta de vagas nas Creches Municipais. “Gostaria de saber quais providências estão sendo tomadas sobre o assunto, já que muitas famílias não estão conseguindo matricular as crianças”, indagou.

Já o vereador Antônio José Quessada Neto solicitou ao Centro de Controle de Zoonoses informações sobre a castração de animais, principalmente relativas aos gastos com os procedimentos desde o mês de janeiro até o final do mês de julho, em atendimento à prestação de contas de verba solicitada por ele.

A reforma e manutenção na quadra anexa à EMEB São Judas Tadeu foi tema de requerimento do vereador Henrique Torres à Prefeitura. “O espaço, que é Municipal, é utilizado por moradores da região, atende a um projeto social de basquete e necessita de reformas na tela de proteção, pintura na quadra e manutenção das muretas. É importante investir nestas quadras nos bairros para que a comunidade, principalmente jovens e crianças, possam usufruir de atividades esportivas. Gostaria de saber se há previsão para a realização dessas reformas”, questionou.

Também em requerimento ao Executivo, a vereadora Thais Nogueira solicitou informações sobre a reforma na EMEB Fazenda Venerando, inclusive sobre a fase em que se encontra; previsão sobre reparo e reformas dos banheiros, etc.

A limpeza de terrenos voltou a ser abordada em indicação do vereador professor Rafael Kocian. Ele sugeriu que a Prefeitura notifique proprietários de vários terrenos, que estão com mato alto e muita sujeira, para que limpem os espaços, entre eles localizados à Rua Perpétua Aparecida Fernandes Inarelli, 55, Vila Formosa terreno do lado de cima;- Rua Joana Lasbino, 60 Vila Formosa (ao lado);- Diversos terrenos no Bairro Colina Verde;- Rua João Lucas Filho, 33, parque Beira Rio;- Rua Professora Silvia Martins da Silveira de Syllos, número do 24 ao 104;- Rua Professora Silvia Martins de Sillos, ao lado do número 75;- Rua Nelson de Ávila Ribeiro, São Domingos, terreno de esquina ao lado do número 160;- Rua Alice Camilo Cassuci, 521, Vila Verde;- Rua Paulinia Viccioni Straceri , Alto São Domingos;- Rua Paschoal Fronteira, defronte ao número 318;- Rua Duque de Caxias, ao lado do nº 54.

“Recentemente recebemos reclamações de cidadãos, moradores de diferentes bairros do município, reclamando da falta de zelo com terrenos próximos às suas residências, proliferando mato e acumulando sujeira. É justamente esta falta de zelo que permite o aparecimento de insetos, roedores, aracnídeos, animais peçonhentos, dentre outros que colocam em risco a saúde humana. A notificação dos referidos imóveis se faz em caráter de urgência. Caso algumas das localidades recaia sobre terreno de propriedade do município de São José do Rio Pardo, solicitamos a imediata intervenção da Prefeitura Municipal para a realização do serviço de limpeza”, destacou.

O vereador suplente André Luís Barion Schiavon sugeriu à Prefeitura providenciar a sinalização com a nomenclatura das ruas no bairro Colina Verde. “Os moradores reclamam que os Correios não fazem a distribuição de correspondência e objetos devido à falta de identificação nas vias públicas do bairro, prejudicando-os principalmente com relação ao recebimento de contas, encomendas”, observou.

Em indicação à Secretaria Municipal de Planejamento, Obras e Serviços, o vereador Moraci Bállico sugeriu efetuar a pintura do muro de concreto e dos canos de água sobre a Ponte Nova, finalizando os trabalhos que já foram iniciados no local.

A vereadora Lúcia Libânio requereu ao Executivo informações relativas às verbas recebidas pelo Pronto Socorro, em complemento à resposta recebida de outro requerimento. “Gostaria de saber como são computados financeiramente os procedimentos realizados pelo PS e também se o município recebe pelos procedimentos de Itobi”, indagou.

A manutenção nos terminais de ônibus circular, em especial no ponto central, localizado atrás da igreja Matriz, foi tema de indicação do vereador Paulo Sérgio Rodrigues ao Executivo. “O local está bastante precário há meses, com praticamente todos os bancos quebrados, inclusive com indicações chamando a atenção dos usuários, além de apresentar outros problemas na estrutura que precisam ser solucionados, principalmente pelo fluxo grande de munícipes que utilizam o terminal diariamente, muitos deles idosos, o que torna a intervenção do Executivo ainda mais necessária e rápida”, observou.

Já no Expediente Livre, o vereador Fernando Gomes falou um pouco sobre o “Programa Famílias Fortes”, que deverá ser implantado futuramente no município. “Estamos em busca de parcerias com a Prefeitura, ONGs, entidades para implantação do programa que visa, basicamente, o fortalecimento dos vínculos familiares, com o intuito de prevenir comportamentos de risco, como o uso de álcool e outras drogas ilícitas, violência, principalmente entre crianças e adolescentes de 10 a 14 anos. O Programa é bem simples e consiste em encontros semanais com as famílias, com a realização de atividades conjuntas e separadas”, explicou o vereador, acrescentando que o fortalecimento dos vínculos familiares, além de prevenir o uso de drogas entre crianças e adolescentes, reduz quadros de ansiedade e depressão.

As Sessões Ordinárias são realizadas às terças-feiras, 15h00, no Plenário da Câmara e abertas ao público, que pode acompanha-las presencialmente ou por meio dos canais oficiais do Legislativo Municipal na Internet (Facebook, Site e YouTube).

Texto e fotos: Natália Tiezzi – Assessoria Parlamentar da Câmara Municipal.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br