CIDADEDESTAQUEPOLÍTICA

Sessão da Câmara: Confira alguns assuntos abordados pelos vereadores nessa semana

http://www.minhasaojose.com.br
A questão do lixo voltou a ser tema de vários requerimentos ao Executivo

Na terça-feira, dia 30, a Câmara Municipal promoveu sua 29ª Sessão Ordinária e, entre os assuntos abordados pelos vereadores, principalmente em suas proposituras, o lixo voltou a ser tema de muitos requerimentos ao Executivo.

Em um deles, o vereador Henrique Torres solicitou informações à Prefeitura sobre a coleta seletiva e o projeto Recicleiros. “Quais as ações tomadas e previstas para efetivar a coleta seletiva e como estão as tratativas do ‘Recicleiros’ no tocante às ações já realizadas e programadas?”, indagou.

A vereadora Lúcia Libânio, em requerimento à Santa Casa, solicitou informações relativas à multa recolhida pela entidade, em data específica, requerendo cópia do comprovante de pagamento e fonte de recurso utilizada para o pagamento. Ela alegou que o assunto foi, inclusive, exposto em participação de membros da Santa Casa em Tribuna Livre.

Já o vereador Fernando Gomes abordou assunto recorrente na Câmara: o cumprimento da Lei nº 5.760, de 15 de julho de 2021, que trata da remoção de veículos abandonados nas vias públicas. “Gostaria de saber quais medidas já foram tomadas desde a aprovação da referida lei, o que está impedindo a execução da mesma e qual é a previsão dos serviços de remoção começarem a funcionar?”, questionou.

As melhorias na quadra de esportes do bairro Buenos Aires foram tema de requerimento do vereador Eduardo Ramos ao Executivo Municipal. “Solicito que a Prefeitura informe à esta Casa a data prevista para liberação de valores referentes à emenda impositiva, cujo recurso será destinado às melhorias na infraestrutura, revitalização e manutenção da quadra, sendo uma reivindicação dos moradores, que estão cobrando a vereança sobre essas reformas”, justificou.

O vereador Gabriel Navega, também atendendo à solicitação de munícipes, sugeriu à Prefeitura melhorias e manutenção na avenida Antônio Pereira Dias, entre as quais limpeza das margens do córrego, reparos em pontos da calçada, que está danificada e dificultando a circulação de pedestres, além de estudos para viabilizar a colocação de mais um bueiro na altura do nº 719.

Melhorias e manutenções em espaços públicos também foram abordadas por alguns vereadores

O Tiro de Guerra 02-038 foi tema de indicação do vereador Rafael Kocian ao Executivo Municipal. Ele sugeriu a criação de Projeto de Lei que contemple bolsa para custeio de despesas básicas aos atiradores do TG. Ele enviou, inclusive, modelo de legislação da cidade de Amparo para que Rio Pardo se baseie no mesmo.

Terrenos do Distrito Industrial, que também já foram alvo de questionamentos na Câmara, voltaram à pauta pelos vereadores Paulo Sérgio Rodrigues e pelo suplente André Luís Schiavon. “Na saída do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano, o ex responsável informou sobre a disponibilidade de 50 lotes no Distrito Industrial passíveis de utilização. Gostaria de saber se essa informação procede e, em caso positivo, como será feita a distribuição dos referidos lotes para uso, e o mapa com a localização dos terrenos”, questionou Paulo Sérgio.

Já o vereador suplente André também solicitou o mapa dos terrenos e a relação de proprietários, justificando a propositura para atender à solicitação de munícipes.

O vereador Moraci Bállico voltou a questionar a Prefeitura sobre previsão para reparos na estrada que liga o Hospital da Unimed até a pista de acesso à Fazenda Vila Maria. “Já há previsão para reparos nesta estrada? Esse acesso é muito utilizado por moradores, principalmente porque faz ligação entre loteamentos e realmente necessita dessa manutenção”, indagou e justificou.

O Projeto Realizar foi tema de propositura de autoria da vereadora Thais Nogueira à Secretaria Municipal de Educação. “Em Ofício enviado à esta Casa, a Secretaria informou que a implantação do referido projeto está em andamento, entretanto, solicito que sejam encaminhadas informações mais detalhadas, inclusive o que já foi realizado efetivamente, quais as próximas ações a serem promovidas e quando está prevista a capacitação dos professores ao projeto”, questionou.

Por fim, o vereador Antônio José Quessada Neto (Toco), em requerimento ao Executivo Municipal, indagou sobre a possibilidade de instalação de mais lombadas na Rodovia Prefeito Lupércio Torres, que dá acesso ao bairro Santa Luzia. “Veículos trafegam em alta velocidade na Rodovia e a lombada existente não está sendo suficiente para conter os excessos, colocando em risco as pessoas, além de animais, principalmente cães e gatos, que passam pelo local”, finalizou.

As Sessões Ordinárias da Câmara são promovidas às terças-feiras, 15h00, com transmissão ao vivo pelos canais oficiais do Legislativo na Internet

Texto e fotos: Natália Tiezzi – Assessoria Parlamentar da Câmara Municipal.

http://www.minhasaojose.com.br