Saúde: Multivacinação está prevista para outubro

http://www.minhasaojose.com.br

Além da vacina contra o sarampo objetivo é colocar carteiras em dia

Com o aumento dos casos de sarampo pelo país, a disponibilização de doses da vacina Tríplice Viral – que também protege contra rubéola e caxumba – está prejudicada, portanto, a previsão do Ministério da Saúde (MS) é de que a campanha ocorra em outubro, quando os estoques deverão estar regularizados.

TRÊS DOSES

Doença altamente contagiosa, o sarampo somente pode ser evitado por meio da vacinação, recomendada para todos as pessoas com idade ente 06 (seis) meses a 29 anos, que devem receber duas doses para serem consideradas protegidas.

“O Ministério mudou a idade vacinal, estabelecendo que as crianças com idade entre 06 (seis) a 11 (onze) meses devem receber a chamada dose zero da vacina”, explica a enfermeira.

Segundo informações do MS, a chamada “dose zero” não substitui e não será considerada válida para fins do calendário nacional de vacinação da criança. E, além dessa dose, a criança deve tomar a vacina tríplice viral aos 12 meses de idade (1ª dose); e aos 15 meses (2ªdose).

Aos adultos entre 30 e 49 anos de idade, também há recomendação de que recebam pelo menos uma dose da vacina tríplice viral.

A enfermeira orienta que, caso a pessoa tenha dúvida sobre não ter sido vacinada com a tríplice viral, deve procurar a sala de vacina mais próxima.

Outras informações sobre o assunto podem ser obtidas pelo telefone 3682-9388 e 3682-9389.

As informações são da Assessoria de Imprensa da Prefeitura.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br