Rio Pardo 2050 e o Turismo: Como recuperar o setor pós Pandemia?

http://www.minhasaojose.com.br

O setor de Turismo, sem dúvida, foi um dos mais afetados por conta da Pandemia do Covid-19. Estima-se que o prejuízo já esteja na marca de quase R$ 4 bilhões em todo país, segundo a ABOT – Associação Brasileira das Operadoras de Turismo. E, assim como outros setores, muitas empresas estão se reinventando, como a aposta no Turismo Digital.

Porém, ao que tudo indica, essa é uma alternativa provisória, sendo que o turismo presencial voltará, mas com algumas diferenças se comparado ao padrão executado antes do novo Coronavírus.

De acordo com um estudo da FGV Projetos, a volta do turismo presencial se dará em três etapas: a primeira pelas viagens essenciais, por motivo de saúde ou visita a parentes após o surto, a segunda etapa será de viagens de lazer e trabalho e a terceira, a volta de eventos corporativos e culturais e o início do turismo internacional.

Além disso, empresários do setor também terão que estar atentos às novas expectativas e necessidades dos turistas, bem como tomando como regra algumas medidas higiênicas e de limpeza, adotadas durante a pandemia, gerando segurança a todos.

O Rio Pardo 2050 também abordará os desafios do setor turístico aqui em São José do Rio Pardo após a pandemia em questionário, cujo link http://bit.ly/2vVehb7 estará disponível para a participação de profissionais da área e pessoas que de alguma forma trabalham no setor na cidade. A partir das respostas, o projeto terá um grande desafio, que será auxiliar o desenvolvimento do potencial turístico no município, com ações em longo prazo que envolvam os setores público e privado.

Além do turismo cultural e histórico, explorado através dos atrativos da Semana Euclidiana e do legado do escritor Euclides da Cunha, duas alternativas para este setor na cidade com grande potencial são o ecoturismo e o turismo rural, já que São José possui muitas propriedades, algumas até centenárias. A ideia é auxiliar as atividades turísticas já existentes e ampliar as opções, atuando também junto ao setor hoteleiro e gastronômico rio-pardense.

Workshop de Planejamento Integrado do Turismo: estratégias para o desenvolvimento de projetos e ações

A Agência de Desenvolvimento Rio Pardo 2050 oferecerá gratuitamente um workshop sobre Planejamento Integrado do Turismo, mediado por Bianca Paes, Mestranda em Turismo pela USP e Presidente da ASGUIT (Associação São-Roquense de Guias de Turismo) e por Camila Bassi, Gestora Executiva da Associação dos Amigos do Caminho da Fé. Os participantes receberão certificado de participação.

Esse evento terá três momentos, sendo:

21/07 (terça-feira, às 19h00) – Planejamento Turístico: os desafios e as potencialidades do setor

28/07 (terça-feira, às 19h00) – Identificação de Nós Críticos e Formação dos Grupos de Trabalho

11/08 (terça-feira, às 19h00) – Apresentação dos Projetos dos Grupos de Trabalho

As inscrições, gratuitas e limitadas, são exclusivas para interessados de São José e podem ser feitas até dia 15 através do link https://us02web.zoom.us/meeting/register/tZAtf-6prToqGdIcUZX0FD3TeOnDgJWwhvRJ. Após essa data, as vagas remanescentes serão ofertadas para outras cidades.

Natália Tiezzi – Assessoria de Imprensa Rio Pardo 2050.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br