Projeto Rodha beneficiará jovens carentes com financiamento de estudos no Ensino Médio particular

http://www.minhasaojose.com.br

Objetivo é proporcionar oportunidade para que adolescentes possam ingressar em uma faculdade e ter uma profissão

Reportagem e Texto: Natália Tiezzi Manetta

Reunir oportunidades, desenvolvendo habilidades de jovens carentes de São José do Rio Pardo, que estejam cursando o 9º ano do Ensino Fundamental e que realmente queiram ter um futuro mais digno através de um bom estudo. Esses são os principais objetivos do Projeto Rodha, que beneficiará estudantes de escolas públicas com o financiamento de seus estudos no Ensino Médio particular.

“Tanto eu, quanto o dr. Rafael já participamos de algumas campanhas para ajudar a população mais carente, porém, eram em eventos pontuais. Queríamos propor uma ação contínua, algo que talvez unisse a educação e a oportunidade de uma carreira profissional, um bom emprego direcionado aos jovens. Reunimos essas ideias e assim surgiu o Rodha”, destacou o empresário Mário Cossi Salvador.

Os amigos e idealizadores do Projeto Rodha, dr. Rafael de Souza e o empresário Mário Salvador

O Projeto começou a ser colocado em prática no início do ano passado, quando Mário e o médico Rafael de Paula Silva Felici de Souza passaram a visitar as sete escolas públicas rio-pardenses e conversar com diretores sobre o Rodha. Ambos também visitaram três escolas particulares, sendo o Colégio Unigrau, a Escola De Grau em Grau/COC e Colégio Santa Inês, que prontamente firmaram parcerias no tocante às bolsas de estudos.

“Em síntese, o Projeto Rodha será mantido por doações, as quais já estão acontecendo, cujo recurso será destinado ao pagamento dos três anos do Ensino Médio nestas escolas particulares para os alunos que forem selecionados. Neste primeiro ano, como foi ‘o piloto’, uma aluna que cursou o 9º ano em 2018 na E.E. “Profª Stella Maris Barbosa Catalano (CAIC) foi indicada pela direção e coordenação para participar do Projeto. Ela está cursando o 1º ano do Ensino Médio no Colégio Santa Inês”, explicou Rafael.

E a primeira experiência vem dando certo. A aluna se adaptou ao novo colégio e está mantendo um bom desempenho. “O Projeto custeia parte dos estudos, já que as escolas particulares se comprometeram a ceder parte das bolsas de estudos. O Rodha também garante a aquisição de uniformes, material didático e uma porcentagem de vale-transporte para que o aluno possa estudar”, disse Mário.

Além do Ensino Médio, o Projeto oferece ainda curso de Inglês, em parceria com a Jet Incorporated, apoio psicológico, aulas de reforço (caso necessário), bem como todo acompanhamento pedagógico do aluno no colégio.

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO

Prestes a se tornar uma Associação, o Rodha funcionará com estatuto próprio e a partir deste ano adotará critérios para seleção dos alunos a serem beneficiados. “Neste ano, cada escola já selecionou um aluno por classe de 9º ano. Esses estudantes passarão por processo seletivo, cuja prova será aplicada provavelmente no mês de dezembro, e os dois alunos que tiverem os melhores desempenhos serão selecionados para ingressar no Projeto em 2020, sendo que os Colégios Unigrau e De Grau em Grau COC receberão estes estudantes no 1º ano do Ensino Médio”, destacou Rafael.

Ambos destacaram que o Rodha está contando com o auxílio do  professor Marco de Martini, muito conhecido e respeitado no âmbito público e particular do ensino rio-pardense, para preparação das provas a serem aplicadas.

Mário ressaltou que o Projeto não tem nenhuma participação na escolha dos alunos para o processo seletivo. “Apenas informamos as escolas públicas sobre os critérios para a seleção, que basicamente são o bom desempenho do aluno no Ensino Fundamental; ter estudado pelos menos nos últimos 4 anos em escola pública, renda familiar percentual compatível à estipulada pelo Projeto; não possuir faltas não justificadas e ter bom comportamento em sala de aula, com professores e coordenadores”.

Entretanto, os alunos selecionados também precisam demonstrar interesse e se dedicarem aos estudos. “Para continuar a fazer parte do Projeto, o aluno deve manter um bom desempenho em sala de aula, se dedicar, enfim, praticamente seguir os critérios de seleção”, destacaram.

OPORTUNIDADE QUE GERA OPORTUNIDADE

Mário e Rafael estão otimistas com o Rodha, que pretende crescer nos próximos anos. “A idéia é beneficiar mais alunos, entretanto isso só será possível quando o mesmo se estabelecer, ou seja, quanto mais parceiros e patrocinadores, mais ele crescerá”, observou Rafael.

Eles acreditam que os alunos participantes do Projeto terão condições igualitárias aos estudantes de melhores condições sociais e financeiras para concorrer aos melhores vestibulares. “O objetivo é esse: proporcionar oportunidade de um bom estudo para que esses alunos possam ingressar em boas universidades e seguir uma profissão. O Projeto está propiciando essa oportunidade e cada aluno poderá aproveita-la da melhor forma possível”, afirmou Rafael.

Inclusive, o nome ‘Rodha’ foi pensado justamente nesta geração de oportunidades. “Acreditamos que estes alunos, após formados, também possam contribuir com o Projeto nas mais diferentes áreas, numa constante roda de oportunidades para o desenvolvimento de habilidades”, finalizaram.

VOCÊ PODE SER UM PARCEIRO RODHA!

Qualquer pessoa pode ser um parceiro do Projeto Rodha. Mais informações através do Facebook e Instagram, pelo email: projetorodha@gmail.com ou pelo telefone 3608-5203, com o dr. Rafael.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br