“Projeto Nós Vamos” visa ampliar atendimento às famílias carentes da Zona Rural

http://www.minhasaojose.com.br

Entrevista e texto: Natália Tiezzi

Auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade alimentar e social e que residem na zona rural de São José do Rio Pardo a terem mais dignidade, orienta-las para que seus direitos sejam garantidos e dar aquele abraço acolhedor. Esses são os principais objetivos do Projeto Nos Vamos”, que começou há dois anos, a partir de um grupo de amigos, que conheceram a difícil realidade de moradores de algumas localidades rurais.

Este trabalho, que é voluntário, é coordenado pelo professor Robinson Mapelli Boaro. “Visitando algumas comunidades percebemos que as pessoas estavam precisando de muita ajuda, inclusive por conta do distanciamento da cidade, que as deixavam longe dos programas sociais do poder público, entre outros”, destacou.

Atualmente, o Projeto auxilia 28 famílias da zona rural. “Auxiliamos mensalmente essas famílias com cestas básicas, além de leite e fraldas, conforme suas necessidades”, disse.

Além disso, o “Nós Vamos” também orienta as famílias para recebimento de benefícios sociais, no caso de pessoas com deficiência, por exemplo. “Orientamos para que essa pessoa busque assistência jurídica para que os direitos sejam realmente assegurados. Muitas pessoas nem sabem que possuem esses direitos, mas o Projeto também tem esse objetivo de esclarecer dúvidas, orientar”.

Robinson informou, ainda, que o Projeto possui parcerias com a Prefeitura, por meio do Fundo Social Municipal, além do CRAS e CREAS. “Todas essas famílias atendidas pelo “Nós Vamos” passaram por uma triagem e solicitamos informações junto a esses órgãos para saber se as mesmas já estavam recebendo benefícios. Temos esse cuidado para não ocorrer duplicidade de assistência. Além disso, após o cadastramento das famílias pelo Projeto, elas também passam a integrar esses órgãos para demais assistências, conforme suas necessidades”.

O coordenador orientou para que essas 28 famílias façam o recadastramento, que pode ser acessado pelo link https://forms.gle/eQvrd6yXFgsb6A996. “Pedimos para que as famílias façam o recadastramento para termos melhor acesso às informações e, como disse anteriormente, não ocorrer duplicidade de assistência, para que possamos ampliar os atendimentos”, ressaltou.

E por falar em ampliar os atendimentos, Robinson afirmou que o objetivo do Projeto é atender mais 22 famílias ao longo deste ano, completando 50. “É gratificante poder auxiliar, de alguma forma, essas famílias, levar muito além da alimentação, mas amparo, atenção, orientação, que elas também tanto precisam”, concluiu Robinson.

Para que novas famílias possam ser atendidas, o coordenador informou que podem se cadastrar por meio do link https://forms.gle/eQvrd6yXFgsb6A996. A partir disso haverá uma triagem para análise das condições dessas novas famílias para que possam ser inseridas no Projeto.

Mais informações sobre o “Nós Vamos”, inclusive sobre como ajuda-lo podem ser obtidas pelo link (grupo de WhatsApp) https://chat.whatsapp.com/IQDTqP43ExlEaMMN6jLHeY

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br