Na Câmara: Drogas, salário dos professores e manutenção em escola foram algumas abordagens

http://www.minhasaojose.com.br

Durante a 11ª Sessão Ordinária da Câmara, promovida na tarde de terça-feira, dia 5, os vereadores abordaram, por meio de proposituras, assuntos como o salário dos professores da rede municipal, política de prevenção às drogas, manutenções em geral, principalmente em escolas, bem como horário de funcionamento de creches e aplicação de leis, como para retirada de veículos abandonados em vias públicas.

A vereador Thais Nogueira solicitou, por meio de requerimento direcionado à secretaria Municipal da Saúde, informações sobre política de drogas no município, principalmente no tocante à prevenção e acompanhamento de usuários que necessitam de apoio. “Gostaria de saber se há ações sendo realizadas pela Saúde Mental, Pronto Socorro”, questionou a vereadora, cujo teor da propositura também foi encaminhado à Secretaria de Assistência e Inclusão Social.

Já o vereador Gabriel Navega, após visita à EMEIF São Judas Tadeu, sugeriu ao Executivo a realização de diversos serviços de manutenção, conforme relatado a ele pela diretoria da escola. Entre esses serviços estão o conserto do telhado, a cobertura da lavanderia, pintura em diversos pontos, conclusão de sala aos fundos do prédio, conserto do alambrado e a reforma de todos os banheiros.

Também atendendo demanda de moradores que reclamam da falta de água, o vereador sugeriu à SAERP a instalação de mais caixas d’água no bairro Vale de Redentor para suprir a necessidade daquela região, que vem crescendo com relação à abertura de novos bairros e construção de casas.

A demarcação para vagas de estacionamento de motos foi tema de indicação do vereador Pedro Giantomassi à Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito. Segundo o vereador há necessidade dessas vagas na rua Campos Salles, próximo à Farmácia da Unimed, para melhor aproveitamento, preferencialmente em espaços que não caibam carros.

Também atendendo pedidos de munícipes, o vereador professor Rafael Kocian solicitou ao Executivo Municipal informações sobre a contratação de empresa para retirada de veículos abandonados em vias públicas, conforme previsto na Lei Municipal 5.174, de 10 de agosto de 2018. Ele destacou que em recente requerimento sobre o tema, a Prefeitura informou que estava adotando providências para contratação de empresa para retirada dos veículos, bem como fazer a guarda dos mesmos.

Sessões Ordinárias acontecem às terças-feiras, 15h00, com transmissão ao vivo pelos canais digitais do Legislativo; público também pode acompanhá-las presencialmente em plenário

Melhorias em obra de iluminação pública na principal entrada da cidade foi tema de requerimento do vereador Fernando Gomes ao Executivo Municipal. Conforme o vereador, no trecho entre a rotatória à frente da Igreja Nossa Senhora do Carmo até a passarela de acesso ao bairro Domingos de Sylos existem oito postes de ferro com luminárias apagadas e um poste derrubado, sendo que a empresa G Energy já foi acionada para ligar as lâmpadas, porém, a mesma afirmou que para executar os serviços é necessário que antes a Prefeitura realize uma obra de tubulação e cabeamento no local. Ele acrescentou que além da questão estética, para melhor acolher os visitantes, a iluminação adequada neste trecho é fundamental para evitar acidentes e atropelamentos.

O vereador Henrique Torres solicitou ao Executivo Municipal informações sobre o impacto orçamentário considerando o aumento previsto na lei federal que define o piso do magistério para R$ 3.850, para uma jornada de 40 horas. Entre os questionamentos, ele indagou qual o valor por hora/aula pago atualmente aos professores; o gasto anual com folha de pagamento previsto para 2022, considerando o valor por hora/aula atual; qual seria o gasto anual neste ano considerando a proposta de aumento apresentada em Audiência Pública, considerando o valor hora/aula de R$ 17,00, bem como considerando o valor hora aula de R$ 19,23, conforme a nova lei que estabelece o piso.

A falta de placas indicativas foi tema de uma das proposituras  do vereador Moraci Bállico à Prefeitura. Ele sugeriu a instalação de uma delas, referente ao Hospital da Unimed, em ponto da Avenida Brasil, que é uma das entradas da cidade, para facilitar principalmente o tráfego de pacientes de cidades da região.

Já o vereador Rubens Lobato Pinheiro Neto solicitou ao Executivo, em um de seus requerimentos, informações sobre o horário de funcionamento das creches municipais e se ocorre o funcionamento em horários reduzidos, uma vez que alguns pais informaram que algumas creches estão liberando as crianças mais cedo do que o horário convencional.

Para finalizar, o vereador Paulo Sérgio Rodrigues, em uma de suas proposituras, solicitou informações ao Executivo Municipal sobre manutenção do trecho recapeado na Avenida Maria Aparecida Salgado Braghetta (Perimetral), à frente da ‘Usininha’ CPFL, que foi recapeado em 2021, mas já apresenta fissuras no asfalto. O representante do governo na Câmara, vereador Pedro Giantomassi, informou que a Prefeitura já entrou em contato com a empresa que realizou os serviços, uma vez que a garantia dos mesmos ainda está em vigência, e aguarda que o serviço seja refeito o mais breve possível.

Texto e fotos: Natália Tiezzi – Assessoria Parlamentar da Câmara Municipal.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br