Missa celebrará os 25 anos de Ordenação Episcopal de Dom Orani João Tempesta

http://www.minhasaojose.com.br
Dom Orani João Tempesta recebeu a ordenação episcopal em 25 de abril de 1997

Um dos rio-pardenses que mais enchem a comunidade de orgulho, Dom Orano João tempesta O. Cist. Celebrará seus 25 anos de Ordenação Episcopal no próximo domingo, dia 24 de abril.

Uma Missa, celebrada a partir das 10h00, no Salão Dom Bonifácio, que fica ao lado da Matriz Santuário São Roque, marcará a data especial.

Dom Paulo Celso Demartini convidou a população, em nome da Abadia Cisterciense Nossa Senhora de São Bernardo e Paróquia Santuário São Roque à Missa.

UM POUCO SOBRE A VIDA RELIGIOSA DE DOM ORANI

Dom Orani ingressou na Ordem Cisterciense, no Mosteiro de Nossa Senhora de São Bernardo, no dia 20 de janeiro de 1968, iniciando seu noviciado no dia 1 de fevereiro de 1968, tendo emitido seus primeiros votos no dia 2 de fevereiro de 1969. Realizou seus estudos eclesiásticos em São Paulo, na Faculdade de Filosofia no Mosteiro de São Bento, de 1969 a 1970, e no Instituto Teológico Pio XI, dos religiosos salesianos.
No dia 2 de fevereiro de 1972 fez sua profissão solene na ordem. Sua ordenação presbiteral foi em 7 de dezembro de 1974, aos 24 anos, pelas mãos de Dom Tomás Vaquero, na Matriz de São Roque, em São José do Rio Pardo.
Foi vice-prior do Mosteiro de Nossa Senhora de São Bernardo no período de 1974 a 1984, quando foi nomeado prior pelo Capítulo da Congregação em Roma, tendo permanecido até sua elevação a abade, em 1996.
Em 26 de fevereiro de 1997 o Papa João Paulo II o designou para ser o terceiro bispo de São José do Rio Preto, aos 46 anos.
Recebeu a ordenação episcopal, em 25 de abril de 1997, pelas mãos de Dom José de Aquino Pereira, bispo de São José do Rio Preto, Dom Dadeus Grings, então bispo de São João da Boa Vista e Dom Luís Gonzaga Bergonzini, bispo da Diocese de Guarulhos.
Foi administrador apostólico da abadia territorial de Claraval, em Minas Gerais (sediada no Mosteiro de Claraval), no período de 24 de março de 1999 a 11 de dezembro de 2002.
Sucedeu na Diocese de São José do Rio Preto, Dom José de Aquino Pereira e foi sucedido por Dom Paulo Mendes Peixoto.
Em 13 de outubro de 2004, foi nomeado Arcebispo de Belém, no Estado do Pará, onde tomou posse solenemente durante missa campal em frente à Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Graça, situada à Praça Frei Caetano Brandão em 8 de dezembro de 2004, na Solenidade da Imaculada Conceição.
Dom Orani recebeu o pálio, como Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará, das mãos do Papa Bento XVI, no dia 29 de junho de 2005.
Especialista em comunicação, foi o presidente da Comissão Episcopal para a Cultura, Educação e Comunicação da CNBB, por dois mandatos consecutivos, de maio de 2003 até maio de 2011. Participou da Conferência de Aparecida em 2007, como membro delegado pela CNBB.
Dom Orani João Tempesta foi o nono arcebispo de Belém, sucedendo a Dom Vicente Joaquim Zico, CM e foi sucedido por Dom Alberto Taveira Corrêa, nomeado em 30 de dezembro de 2009 e empossado no dia 25 de março de 2010.
Em 27 de fevereiro de 2009, foi nomeado Arcebispo do Rio de Janeiro, sendo empossado em 19 de abril de 2009, na Catedral de São Sebastião. Recebeu o pálio das mãos do Papa Bento XVI, no dia 29 de junho de 2009.
Durante sua prelazia, foi o anfitrião do Papa Francisco durante a XXVIII Jornada Mundial da Juventude, que ocorreu no Rio de Janeiro.
Em 22 de fevereiro de 2014, foi elevado ao cardinalato pelo Papa Francisco, no Consistório de 2014, na Basílica de São Pedro, recebendo o título de Cardeal-presbítero de Santa Maria Mãe da Providencia no Monte Verde, somando com mais seis brasileiros no Colégio Cardinalício. (Fonte: Wikipédia)

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br