Hospital Unimed inicia atendimentos em Hematologia

http://www.minhasaojose.com.br
O novo serviço está estruturado para atender pacientes com doenças hematológicas, dentre elas as doenças onco-hematológicas (linfomas, leucemias, mieloma múltiplo) e doenças não oncológicas (anemia, trombose, sangramento)

Pacientes que necessitam de atendimento especializado em doenças hematológicas não precisam mais viajar para municípios maiores e mais distantes. Desde maio, está em funcionamento no Hospital Unimed o Ambulatório de Hematologia, que atende clientes próprios, particulares e de outros convênios.

O novo serviço está estruturado para atender pacientes com doenças hematológicas, dentre elas as doenças onco-hematológicas (linfomas, leucemias, mieloma múltiplo) e doenças não oncológicas (anemia, trombose, sangramento). “O Ambulatório está equipado para receber os pacientes em diversas especialidades clínicas e cirúrgicas. É possível, por exemplo, realizar procedimentos e coletas de exames, como mielograma e biópsia de medula óssea. Também existe a possibilidade de tratamento ambulatorial das doenças onco-hematológicas, com esquemas de quimioterapia ambulatorial”, informa a Dra. Luísa Menardi Nasser, médica especialista em Hematologia e Hemoterapia, responsável pelo Ambulatório e pela Agência Transfusional do Hospital Unimed.

Especialidade

A Hematologia e Hemoterapia é a especialidade responsável por investigar, diagnosticar e tratar os distúrbios do sangue, sejam eles benignos ou malignos do ponto de vista patológico, e por todos os procedimentos relacionados à transfusão de sangue.

Portanto, o médico hematologista estuda o sangue e as estruturas ligadas ao sistema hematopoiético (processo de formação, desenvolvimento e maturação dos elementos do sangue). Dentre suas capacidades estão a realização e avaliação de exames como mielograma e biópsia de medula, avaliação de exames de coagulação, tratamento das doenças oncológicas como linfomas e leucemias, tratamento de anemias. Também faz parte das competências do hematologista e hemoterapeuta a gestão de bancos de sangue e agências transfusionais e realização de transplantes de medula óssea.

Dra. Luísa Menardi Nasser, médica especialista em Hematologia e Hemoterapia, responsável pelo Ambulatório e pela Agência Transfusional do Hospital Unimed

Doenças hematológicas

Segundo a Dra. Luísa, a anemia e plaquetopenia (plaquetas baixas) são as doenças hematológicas que mais se destacam e que levam o paciente até o consultório do hematologista, seguidas pelas doenças trombóticas e da coagulação.

O atendimento de um especialista deve ser procurado em caso de alterações do hemograma (anemia e outras alterações das hemácias, alterações das plaquetas e leucócitos), em casos de aumento dos linfonodos (as famosas “ínguas”), e em casos de tromboses e sangramentos.

Agência Transfusional

Juntamente com o Ambulatório de Hematologia entrou em funcionamento no Hospital Unimed a Agência Transfusional. Trata-se de uma unidade hemoterápica que tem como funções armazenar sangue e seus derivados, realizar exames imuno-hematólogicos pré-transfusionais, liberar os produtos sanguíneos para as transfusões a serem realizadas.

As bolsas de sangue são adquiridas do banco de sangue da BioClínica, de São João da Boa Vista. “Uma agência transfusional é bem diferente de um banco de sangue. O banco de sangue é o local onde é feito todo o processo, desde a captação e cadastro do doador até a coleta do sangue, armazenamento e liberação do material. Já a agência transfusional é onde se recebe as bolsas já fracionadas com todos os testes imunológicos do doador, para ser utilizada”, explica Marcelo Machado, enfermeiro supervisor da Agência Transfusional.

Segundo ele, a Unimed estruturou o setor com equipamentos de ponta, como geladeiras e freezers, em um ambiente adequado às boas práticas de manipulação e biossegurança. Além disso, a equipe de profissionais é altamente capacitada para atuar na área com todo suporte e segurança.

O que é

Transfusão é o ato médico de transferir um sangue ou seus hemocomponentes (plasma sanguíneo, plaquetas, hemácias e leucócitos) de um doador para o sistema circulatório de um receptor. Para o sucesso do procedimento, é necessário haver compatibilização entre os agentes. “A transfusão é um procedimento complexo que necessita de uma série de testes com o paciente que receberá o sangue. Os procedimentos realizados antes, durante e depois do transplante seguem um protocolo específico, com diretrizes e normas”, informa Marcelo.

Marcelo Machado, enfermeiro supervisor da Agência Transfusional

Doe sangue

Informações sobre doação de sangue podem ser obtidas na página www.grupobioclinica.com.br/banco/doacao-de-sangue

Telefone: (19) 3633-7036/WhatsApp: (19) 99911-6888

Atendimento: de segunda a sexta, das 7h30 às 13h

Por Giselle Torres Biaco – Assessoria Unimed, enviado ao site

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br