“Deus Conosco”: Comunidade Emanuel completa 12 anos em agosto

http://www.minhasaojose.com.br
As atividades iniciaram na casa da fundadora, Juliana Feltran Lázaro, onde jovens se reuniam para orações

No próximo dia 18 de agosto, uma das comunidades católicas mais respeitadas e queridas pela sociedade rio-pardense completará 12 anos de atividades. A Comunidade Emanuel iniciou-se com um grupo de jovens que se reuniam para orar, entretanto, a procura por respostas ao chamado de Deus tomou proporções maiores e há seis anos ocupa um espaço no prédio da Congregação de Jesus, na Vila Pereira.

Em entrevista ao site, a fundadora da Comunidade, Juliana Feltran Lázaro falou sobre momentos marcantes, bons e ruins, os quais a Emanuel já enfrentou e enfrenta, bem como do amor em auxiliar o próximo por meio de um Carisma, de uma palavra, da vida em Comunidade.

Juliana destacou também como a Emanuel está promovendo suas atividades online devido à Pandemia e sobrevivendo nesta quarentena, principalmente por meio de doações. Confira, abaixo, a entrevista na íntegra.

Juliana, quando, por quem e por que a Comunidade foi Fundada?

Juliana Feltran Lázaro: A Comunidade Emanuel teve sua primeira atividade no dia 18 de agosto de 2008, onde jovens convidados por mim se reuniam em minha casa, numa edícula, para rezar e dar uma resposta ao chamado de Deus em suas vidas

Por que o nome ‘Emanuel’?

Emanuel não foi um nome escolhido pelos jovens e sim resultado de muitos momentos de oração e de reflexão da palavra, que aos poucos nos direcionou para o Evangelho de São Mateus 1, 23, “A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe chamarão Emanuel”, que significa “Deus Conosco”.

Qual foi o seu momento mais marcante na Comunidade?

Vou partilhar o momento em que minha família assumiu a casa da Congregação de Jesus. Foram tempos em que decidimos viver totalmente entregues à providência de Deus e abrimos mão de nossos empregos para assumirmos a Comunidade verdadeiramente. Tempos difíceis, pois minhas filhas, Mariana e a Helena, tinham ainda por volta de três aninhos de idade e eu fiquei preocupada como mãe, pois já se aproximava o final do ano e seria diferente financeiramente. Então, no dia 24 de dezembro, acordei um pouco angustiada pois não teríamos dinheiro para passar as festas de fim de ano… Mas Deus, em sua infinita misericórdia nunca nos desamparou: tocou a campainha e logo que atendi era um carro lotado de alimentos e agrados para toda a minha família, coisas que senti ser Deus nos agradando verdadeiramente. A partir daí entendi que o que mais me marca nesta missão é o milagre de todos os dias, o qual a Emanuel pode contar com a providência, porque em todos eles Deus tem cuidado de nós!

E qual importância da família vivenciar em comunidade?

Sou grata a Deus pela vida que tenho, pois hoje já consigo ver nas conversas com meus filhos os ensinamentos e as sementes plantas em seus corações quando aceitaram nossa escolha de viver com Cristo mas intensamente. Já passamos por momentos difíceis, como a perda de meu esposo e neste momento eu pude perceber o quanto a vida comunitária nos acolheu e cuidou de nós, como tantos nos ajudaram em todas as nossas necessidades. Deus é Bom!

Juliana com os três filhos: vida dedicada e vivenciada em Comunidade auxiliou-a quando perdeu o marido, anos atrás

A Comunidade presta algum trabalho voluntário ou ação?

Este ano iniciamos o Projeto Vitae, que busca proporcionar às pessoas da terceira idade uma possibilidade de passarem um tempo do seu dia na Comunidade praticando atividades físicas, motoras e intelectuais, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das mesmas. Também temos o Projeto 100 Damas, que é um grupo de mulheres intercessoras por situações difíceis de nossa cidade. E,além deles, temos o Projeto Amigo Cirineu, que é o que move a Comunidade para ajudar-nos na caminhada, sendo a Providência da Emanuel.

Antes da pandemia, quando e como aconteciam as atividades da Comunidade?

Todas as noites de terça-feira aconteciam as missas na Capela de Santa Rita. Às quintas-feiras realizávamos o Grupo de Orações também na Capela e nas tardes de terça-feira era promovido o Projeto Vitae, entre outras atividades exporádicas que realizávamos mensalmente.

E quais atividades a Comunidade está proporcionando neste período de isolamento social?

Queremos partilhar do alimento espiritual que é a liturgia diária, também partilhando informações sobre curiosidades e questões do nosso dia-a-dia na vivência cristã e principalmente rezando pelos internautas que nos pedem orações. Todos podem acompanhar as postagens na página da Comunidade Emanuel no Facebook.

Como as pessoas/famílias podem participar da Emanuel?

A Comunidade Emanuel tem as portas abertas a todos que queiram experimentar viver o amor de Deus em suas vidas e em suas famílias na participação da Santa Eucaristia, do nosso grupo de oração, dos atendimentos individuais, aconselhamentos e também de nossos projetos.

Juliana, como a Comunidade está sobrevivendo neste período difícil que estamos passando e qual a forma das pessoas ajudarem a Emanuel?

Estamos nos mantendo através de doações, de eventos no sistema ‘Drive Thru’ e também pela venda de nossos doces caseiros. Aqui toda doação é transformada em benefício para a obra e as pessoas que quiserem nos ajudar podem nos trazer doações aqui na sede, entre elas roupas usadas, alimentos, móveis usados, aceitamos tudo; também podem comprar nossos produtos anunciados na página da comunidade no Facebook ou doar em espécie através de depósito bancário no Banco Sicred, agência 0718, conta corrente 64518-5, CNPJ 230791210001/76.

Juliana acompanhada por membros da Comunidade Emanuel em uma missa celebrada pelo Dom Abade Paulo Celso De Martini

Desde quando a Comunidade ocupa esse prédio na Vila Pereira?

Há seis anos a Emanuel cuida deste espaço religioso, onde Congregação de Jesus por muitos anos soube ofertar Cristo para o próximo. É nosso compromisso zelar por este local.

Para finalizar, quais as perspectivas da Emanuel para os próximos anos?

Nossa maior perspectiva é fazer a vontade de Deus através do nosso carisma, incentivando as pessoas a terem confiança em Jesus que está vivo e está conosco, cuidado de cada um de nós, ás vezes evangelizamos com palavras, às vezes coma vida sendo testemunho do amor de Deus pelos homens. Gratidão sempre!

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br