Covid-19: Semana registra diminuição no número de casos positivos em comparação à semana anterior

http://www.minhasaojose.com.br

Casos recuperados quase se igualaram aos novos casos, embora internações e óbitos tenham aumentado

Texto: Natália Tiezzi

Pela primeira vez em meses, os números de casos positivos da Covid-19 diminuíram neste semana, no período compreendido entre 28 de agosto de 4 de setembro em relação à semana entre 21 e 28 de agosto. Segundo os dados divulgados pelo Boletim da Vigilância Epidemiológica, essa semana contabilizou mais 77 novos casos, enquanto que na semana do dia 21 a 28 foram registrados mais 110 casos.

O número de pacientes recuperados nesta semana também quase se igualou aos novos casos, somando 76 pessoas. São números que deixam a cidade um pouco mais otimista com relação a uma possível estabilidade da doença, mas que ainda requer medidas de prevenção a todos.

Embora estes números sejam menos alarmantes, a cidade registrou mais dois óbitos nesta semana, subindo para 17 as vítimas fatais da doença, além de mais uma morte suspeita.

O número de internações também aumentou se comparado à semana anterior. Conforme o último Boletim divulgado pela V.E., sete pacientes estão internados na Santa Casa, sendo 6 em quartos da ala Covid-19, cinco rio-pardenses e um de Itobi, além de um paciente de São José na UTI.

“O momento ainda é de muita cautela, pois ainda temos 163 pacientes ativos, aqueles que estão com a doença, o que nos dá a certeza que a taxa de transmissibilidade está alta na cidade e não podemos afrouxar as medidas de prevenção”, destacou a secretária municipal de Saúde, Juliana Flausino.

Em recentes entrevistas às mídias locais, Juliana voltou a chamar a atenção da população às medidas de prevenção, principalmente nesta semana em que bares, lanchonetes e restaurantes tiveram maior flexibilização nos horários de atendimentos e por conta do feriado de 7 de setembro. “Não é porque o comércio está aberto que você precisa ir. Não é porque o restaurante flexibilizou que todos precisam ir ao mesmo tempo. Não é porque é feriado que a cidade precisa ficar lotada. A consciência e o bom senso, aliados ao uso de máscaras, manter o distanciamento e a desinfecção das mãos: é isso que devemos fazer, principalmente os mais jovens que ainda insistem em promover aglomerações e acabam levando a doença para seus familiares mais idosos. A prevenção sempre será o caminho para conter a Covid-19 enquanto não tiver a vacina”, concluiu.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br