Cooxupé investe em mídia proprietária e lança portal “Hub do Café”

http://www.minhasaojose.com.br
O projeto da cooperativa trará notícias sobre cafeicultura voltadas para o cooperado, para a indústria e ao consumidor. Para acessar, o endereço eletrônico é https://hubdocafe.com.br

A Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé) acaba de lançar o portal de mídia proprietária “Hub do Café”, desenvolvido pela Barões Digital Publishing, pioneira em Brand Publishing no Brasil.

Por meio do Hub do Café, que terá o conteúdo editorial realizado pela Phábrica de Ideias – empresa focada em assessoria de comunicação integrada -, a Cooxupé publicará notícias e informações do setor de café para os mais de 16 mil cooperados, além do público em geral interessado em acompanhar notícias sobre a cafeicultura. Editorialmente, o hub tem como diferencial o cooperativismo como propulsor de um modelo de negócio sustentável e promotor do desenvolvimento de todos os elos da cadeia: do grão à xícara.

Como autoridade na cafeicultura brasileira, a Cooxupé é, por vários anos consecutivos, a maior exportadora do Brasil. O projeto nasceu com o propósito de fortalecer a comunicação da Cooperativa com uma plataforma de mídia proprietária relevante para os públicos da marca, conforme explica Jorge Florêncio Ribeiro Neto, gerente de marketing e comunicação da Cooxupé: “Nesse momento de transição midiática, a cooperativa se estabelece também como um publisher de informações sobre o universo do café, o que vai permitir, ao longo do tempo, o desenvolvimento de novas audiências, além de reforçar o posicionamento de liderança da Cooxupé em nossa indústria”.

De acordo com Paulo Henrique Ferreira (PH), fundador e diretor executivo da Barões, o Hub do Café também tem a missão de ser uma plataforma proprietária eficiente para desenvolvimento de audiência desintermediada e gestão de dados primários, em linha com a LGPD e do mundo “cookieless”, já anunciado pelo Google a partir de 2022.

“Ao se posicionar como publisher legítimo e relevante no segmento de cafeicultura, a Cooxupé também se apropria – como um think tank do setor – de uma plataforma de mídia proprietária, que se torna um diferencial competitivo também em geração de dados primários, disciplina fundamental para toda marca competitiva na próxima década”, ressalta PH Ferreira.

Esta é a primeira etapa do projeto realizado. Para o segundo semestre de 2021, a estimativa é, a partir da experiência no mercado nacional, lançar a versão internacional, voltada para o comércio exterior.

Sobre a Cooxupé

A Cooxupé tem mais de 85 anos de história. Iniciou-se como cooperativa de crédito agrícola no ano de 1932 e, posteriormente, passou a ser uma cooperativa de cafeicultores. Em 1959, deu início às exportações de café.

Atualmente, a Cooxupé é composta por mais de 16 mil cooperados – 95% deles mini e pequenos produtores que vivem da agricultura familiar -, recebendo café produzido por mais de 200 municípios das regiões do Sul de Minas, Cerrado Mineiro e Vale do Rio Pardo, em São Paulo.

A Cooxupé mantém ainda projetos de torrefação própria, laboratórios para análise de folhas e solos, de controle de qualidade do café, de geoprocessamento e vem ampliando, ao longo dos anos, o mercado de cafés especiais e certificados.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
%d blogueiros gostam disto: