CIDADEDESTAQUEPOLÍTICA

Confira alguns assuntos abordados pelos vereadores nessa semana na Câmara

http://www.minhasaojose.com.br

Na tarde de terça-feira, dia 6, a Câmara Municipal promoveu sua 30ª Sessão Ordinária de 2022 e entre os assuntos que foram temas de requerimentos e indicações dos vereadores, a FEUC – Faculdade Euclides da Cunha voltou à pauta.

O vereador Henrique Torres solicitou à autarquia informações sobre gastos da faculdade nos exercícios de 2021 e 2022. Na propositura, ele requereu os balancetes contendo detalhes de gastos especificados por fornecedor, prestador de serviço, além de notas fiscais de compras de materiais de qualquer espécie feitas pela instituição, e o relatório da folha de pagamento com horários de cada funcionário ou professor.

Já o vereador Moraci Bállico solicitou ao Executivo Municipal informações sobre a colocação de placas indicativas de nomes de ruas no bairro Colina Verde. “Esta Casa já fez indicação sugerindo o serviço, que até o momento não foi realizado. Os moradores reclamam que os carteiros não entregam as correspondências nas casas devido à falta de indicação dos nomes das ruas, entre outras entregas”, justificou.

O provimento de cargos na Guarda Municipal foi tema de dois requerimentos, sendo um deles elaborado pelo vereador Gabriel Navega e outro pelo vereador professor Rafael Kocian, encaminhados à Prefeitura. Ambos questionaram sobre concurso para o provimento dos cargos, inclusive a respeito da previsão de chamada dos aprovados, nomeações e quantitativo por sexo.

A manutenção na iluminação na Rodovia Prefeito Lupércio Torres foi tema de propositura do vereador Eduardo Ramos ao DER – Departamento de Estradas de Rodagem). “Gostaria de informações sobre qual é o órgão responsável pela iluminação e manutenção na Rodovia, visto que há pontos em que a má iluminação expõe a riscos, principalmente de atropelamento, a pessoas e animais, já que o tráfego é constante e intenso.

O vereador Paulo Sérgio Rodrigues solicitou ao Executivo Municipal informações sobre a obra na EMEB “Profª Zélia Maria Zanetti”. “Quais os motivos para a demora na obra e qual a previsão à conclusão da mesma?”, indagou o vereador.

A acessibilidade voltou a ser tema de proposituras, assinadas pelo vereador suplente Dante Lemes. Em uma delas, encaminhada à Prefeitura, ele sugeriu implantação de guia rebaixada para acesso à cadeirante próximo à vaga destinada a deficientes físicos na rodoviária, justificando a indicação para atender demanda de munícipes.

Por fim, o vereador Fernando Gomes voltou a solicitar informações ao Executivo sobre providências adotadas em relação à manutenção de ponte próxima à entrada da Fazenda Ataíde. “Esse assunto foi objeto de Indicação em março de 2021, uma vez que a ponte é bastante utilizada para passagem de veículos pesados, inclusive escoamento de produção agrícola, e sua atual condição demonstra-se frágil e com grande possibilidade de vir acontecer algum acidente. Gostaria de saber se já foi feita alguma análise técnica no local e qual a previsão de manutenção da ponte”, questionou.

Texto e fotos: Natália Tiezzi – Assessoria Parlamentar da Câmara Municipal

http://www.minhasaojose.com.br