Casa Verrone anuncia boa safra, lançamentos e possibilidade de exportação

http://www.minhasaojose.com.br
O empresário e produtor Márcio Verrone informou que em 2021 a Casa lançara o Gran Speciale Shyra, com 20 meses de barrica

A Casa Verrone, que vem se destacado no Brasil e no mundo na produção de vinhos finos, está otimista com relação à safra de uvas neste ano. Em entrevista ao www.minhasaojose.com.br, o empresário e produtor Márcio Verrone falou sobre as expectativas da colheita, que deve ter início em meados de julho e se estenderá até agosto, bem como dos lançamentos, sendo que um deles já aconteceu neste ano e o próximo será em 2021, que, segundo ele, que também é um exímio apreciador, “promete uma explosão de sabores e aromas, com complexidade e estrutura surpreendentes”.

Verrone ainda falou sobre como estão os negócios diante da Pandemia e as perspectivas após a mesma, além da possibilidade de exportação dos vinhos, já que a Casa tem conquistado prêmios importantes no Brasil e no mundo. Em 2019, por exemplo, o rótulo Colheita Especial Syrah conquistou uma medalha no Decanter World Wine Awards, uma das mais influentes e concorridas premiações do setor. O vinho já havia recebido ouro na Brasil Wine Challenge 2018.

Entre os brancos, o Speciale Chardonnay foi o melhor da Grande Prova Vinhos do Brasil 2016. E o outro rótulo que promete boas pontuações por parte de especialistas é o espumante Casa Verrone Sauvignon Blanc Sur Lie. “Essas premiações nos dá confiança e credibilidade de aceitação para futuras exportações”, observou.

Confira, abaixo, a entrevista na íntegra.

Natália Tiezzi: Márcio, qual sua avaliação sobre a colheita e safra deste ano?

Márcio Verrone: O início do ano foi extremamente chuvoso e isso interferiu bastante na produção. A poda é feita no final de janeiro e aproximadamente 20 dias depois, os brotos que já vem com um pequeno cacho e a planta define se será uva ou gavinha. As condições de chuva e baixa luminosidade contribuíram para uma produção menor. O que de tudo não é ruim. Com menos produção de cachos, a qualidade aumenta porque a planta fornece (concentra) mais nutrientes para uma quantidade menor de cachos. E isso irá favorecer as complexidades aromáticas e gustativas dos futuros vinhos desta safra.

A Casa Verrone já lançou ou ainda lançará vinhos para essa safra?

Sim. Lançamos esse ano o espumante com a uva Sauvignon Blanc, que está sendo muito bem aceito, pois, em primeiro lugar, com essa uva não é comum encontrar vinhos espumante, e, em segundo, o espumante está com o fermento. Por conta disso, os aromas de pão, brioche, cogumelo são bem presentes, juntamente com frescor e os aromas peculiares da uva Sauvignon Blanc, os quais resultaram num excelente vinho. Para o ano que vem estaremos lançando o Gran Speciale Shyra, com 20 meses de barrica. Entregaremos aos nossos clientes uma explosão de sabores e aromas, com complexidade e estrutura surpreendentes!

Quais as expectativas de vendas mesmo diante da pandemia?

No início da pandemia o mercado se retraiu quase que totalmente; as lojas especializadas, delicatéssen e restaurantes fecharam. Agora, com a reabertura gradual, estamos sentido uma melhora muito significativa.

Os vinhos Casa Verrone já estão sendo exportados? Há essa possibilidade?

Não estamos exportando ainda,mas já existem pessoas que nos vieram questionar sobre isso. Penso que é uma oportunidade muito boa e significativa para a Casa Verrone. Nossos vinhos já ganharam prêmios em importantes concursos realizados em outros países como Inglaterra, Bruchelas e China, o que nos dá uma confiança e credibilidade de aceitação para futuras exportações, portanto, há uma grande possibilidade para que isso realmente aconteça.

“Nossos vinhos já ganharam prêmios em importantes concursos realizados em outros países como Inglaterra, Bruchelas e China, o que nos dá uma confiança e credibilidade de aceitação para futuras exportações, portanto, há uma grande possibilidade para que isso realmente aconteça”, destacou Márcio Verrone
http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br