Carol: Personalidade e presença ‘além dos padrões’ – A Miss Simpatia do RPES

http://www.minhasaojose.com.br
Carol foi ovacionada pelo grande público que compareceu ao Bar Seu Divino durante a final do concurso do RPES

Entrevista e texto: Natália Tiezzi

Ana Caroline de Souza Cesário ou simplesmente Carol. Ela ‘roubou a cena’ durante o concurso para escolha da Rainha e Princesas do Rio Pardo Exposhow 2022, sendo ovacionada pelo público a cada vez que seu nome era pronunciado no Seu Divino, bar que ficou lotado na última quarta-feira, 27, por conta do evento.

E para quem imagina que Carol venceu o concurso sendo eleita a Miss Simpatia porque se encaixava perfeitamente aos ‘padrões de beleza’ exigidos por uma sociedade muitas vezes sem nenhum ‘padrão’, se enganou. Ela tem orgulho em dizer que está acima do peso, mas, pela reação do público, esse foi mero detalhe diante de sua personalidade, seu carisma e sua presença durante o concurso. E por conta de todos esses ‘atributos’, muita gente disse que Carol é, de fato, a Rainha do Rodeio.

A participação de Carol no concurso do RPES é muito mais que apenas um título de ‘Miss Simpatia’. Sua presença mostrou a todos, principalmente a quem ‘não se encaixa’ nos padrões físicos ditados pela sociedade, que é possível sim participar de concursos, de se estar aonde quiser, quebrando paradigmas, incentivando e até encorajando quem está acima do peso a mostrar a que veio.

E ela mostrou! Em entrevista ao www.minhasaojose.com.br, Carol contou como decidiu participar do concurso, sendo que não foi a primeira vez a inscrever-se, mas que não imaginava vence-lo, inclusive como Miss Simpatia.

Carol também falou sobre preconceito e resumiu bem como encara os olhares até meio maldosos que direcionam à ela. “Aprendi a lidar com isso e sempre tratar a todos como eu gostaria de ser tratada”.

Confira, abaixo, a entrevista na íntegra.

Carol, como você decidiu participar do concurso?

Ana Caroline de Souza Cesário: Decidi participar sozinha porque, na verdade, sempre me inscrevi, porém nunca deu em nada e essa vez também achei que não seria diferente, mas Deus me surpreendeu!

“Como eu já sofri muito preconceito não acho que deveria fazer o mesmo que recebi e (recebo ainda), então procuro sempre tratar todo mundo como eu gostaria de ser tratada!”

E de onde vem essa espontaneidade, esse carisma e essa personalidade que conquista a todos?

Eu não sei te falar se é da família ou se é do meu signo ou se foi porque aprendi desde nova que precisamos respeitar as opiniões das pessoas e ser sempre carismáticas e humildes. Como eu já sofri muito preconceito não acho que deveria fazer o mesmo que recebi e (recebo ainda), então procuro sempre tratar todo mundo como eu gostaria de ser tratada!

Você acredita que quebrou padrões e preconceitos participando do concurso?

Com toda a certeza! Acho que não só em São José como no mundo todo deveria acontecer isso. Não acho que seja necessário só mulheres magras para um evento ser bem sucedido… Nós, mulheres gordinhas, também podemos fazer o que a maioria delas fazem, inclusive colocar uma roupa, uma faixa e mostrar que podemos representar as mulheres de todo o mundo. Infelizmente a maioria das mulheres plus size ainda têm vergonha de participar por conta das críticas, entre outras coisas né.

Você nunca teve problemas em assumir que não é aquela ‘beleza padrão’? Como lida com isso?

Acho que já tive problema sim, porém eu vou ficar me diminuindo ou não querendo mostrar o meu corpo porque as pessoas não vão gostar? Não, jamais! Hoje eu aprendi a lidar muito com isso e é simples´: não gosta de ver minhas postagens, só não me acompanhar… e se gostar melhor ainda, vem que faremos a diferença nesse mundo!

O que você definiria como “beleza”?

A beleza para mim é aquela pessoa que, acima de tudo, sabe respeitar a outra, que tenha um carisma incrível, que é humilde, sabe? Porque só damos paro outro aquilo que tem dentro de nós. Por isso eu sou essa pessoa que a maioria conhece!

Vamos falar de festa: O que espera do Rio Pardo Expo Show 2022?

O rodeio sempre foi sensacional! Eu espero uma coisa e eles vão lá e me surpreendem. Mas espero que as pessoas aceitem eu como Miss, porque ainda existe pré conceito né… E boa parte das pessoas adoram julgar, infelizmente…

O que você acha que ‘Carol tem de mais especial’ para ter sido ovacionada e escolhida a Miss Simpatia do Rodeio?

É bem difícil falar sobre mim mesma, principalmente porque já sofri muito na minha vida… As pessoas não sabe porque eu não deixo parecer, principalmente com o mundo do qual estamos vivendo né… Acho que o que a Carol tem de mais especial é o coração, a forma de lidar com as pessoas e lugares. Sou uma pessoa fácil de fazer amizade, quero todo mundo sempre bem, tento ao máximo ajudar quando posso e quando não posso também, pois acabo pegando o problema das pessoas para mim! Acho que é isso!

Você esperava vencer o concurso ou estar entre as finalistas?

Nunca esperava vencer o concurso, justamente por eu ser gordinha. Confesso que nunca vi nada aqui em São José como eventos assim: ter meninas fora do padrão “social”. Quando minha amiga falou que eu tinha ficado em 4º, das 10 meninas selecionadas, eu fiquei em êxtase porque, como disse anteriormente, já participei outros anos e não deu nada!

Carol, para finalizar, o que você diria às meninas que, assim como você, não seguem padrões de beleza e ainda se sentem diminuídas e com vergonha por conta disso?

Meninas, eu demorei para aprender também, sei o quanto é difícil aceitar justamente por conta da sociedade, mas vou contar uma coisa a vocês: se amem! O lugar de vocês é aonde vocês quiserem! Acreditem: Não tem esse negócio que ‘Gordinha’ não pode… Não pode o caramba!!! Vamos atrás dos nossos sonhos e, de coração, espero representar vocês lá do jeito que merecemos! Um beijo, meninas, ‘tô’ aqui se precisarem, viu?!

Carol, que roubou a cena no desfile do concurso, e as demais vencedoras: Ariane Dalcheco (Rainha), Carol Souza (1ª Princesa) e Déborah Mori (2ª Princesa)
http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br