Associação Lucas Tapi: Mais amor, empatia e dignidade ao paciente oncológico e familiares

http://www.minhasaojose.com.br

Texto: Natália Tiezzi

Enfrentar uma doença grave como o câncer não é fácil, nem para o paciente, nem para os familiares, mas saiba que se estiver passando por isso você não está sozinho. No início deste mês de julho foi inaugurada oficialmente em São José do Rio Pardo a Associação de Apoio à Pessoa com Câncer “Lucas Tapi”.

A idealizadora e coordenadora da Associação, Ana Paula Tapi, sentiu na pele o drama da doença, já que seu filho, Lucas, que deu nome à entidade, foi paciente oncológico e, infelizmente, veio a óbito. “Sei da luta, das dúvidas, das tristezas, pois vivenciei tudo isso com o meu Lucas, que voltou aos braços do pai. Naquele momento de dor e sofrimento decidi que faria de tudo isso algo para poder proporcionar amor, empatia e dignidade aos pacientes oncológicos, assim como meu filho teve durante o tratamento. E foi assim que nasceu a Associação Lucas Tapi”, explicou Ana Paula.

Em Rio Pardo, a Associação não governamental e sem fins lucrativos está localizada à rua Agenor Tadei, 48, vila Bela Vista (em frente ao Solar Supermercado). No espaço, o paciente oncológico e sua família dispõe de uma equipe multidisciplinar para atendimentos, totalmente gratuitos, com os seguintes profissionais: assistente social, psicólogo, médico oncológico, fisioterapeuta, pedagoga, nutricionista, psicopedagoga, todos especialistas em oncologia.

A Associação oferece, ainda, oficinas terapêuticas e orientação jurídica. “Os atendimentos são direcionados a pacientes oncológicos de qualquer idade, bem como a seus familiares, que também necessitam desse acolhimento, acompanhamento, carinho, tanto quanto quem está doente”, observou Ana Paula.

O vereador Gabriel Navega, representando a Câmara Municipal, Ana Paula Tapi e a vice prefeita Algemira Pinheiro na inauguração da Associação

A inauguração da Associação contou com a presença de representantes do Poder Executivo, entre eles a vice-prefeita dona Algemira Pinheiro de Souza, e do Poder Legislativo, representado pelo vereador Gabriel Navega, cujo mandato na Câmara também está voltado às ações para auxílio aos portadores de câncer e familiares.

“Enquanto estiver vereador lutarei por mais dignidade aos pacientes oncológicos. O trabalho que a Ana Paula promove é essencial. Um trabalho de acolhimento, de carinho, de apoio que essas pessoas tanto necessitam. Meu mandato sempre estará à disposição para auxiliar a Associação e, se Deus permitir, à construção do hospital de câncer aqui em Rio Pardo”, destacou o vereador Gabriel Navega.

Ana Paula ressaltou que a Associação está sempre de portas abertas a receber pacientes oncológicos e seus familiares. “Para isso, contamos com o apoio da Rede Pública de Saúde, que pode encaminhar os pacientes à Associação ou o próprio paciente ou familiar procura-la para esses atendimentos. Sabemos o quanto o apoio dessa equipe multidisciplinar é importante e aqui todos os atendimentos são gratuitos, pois também sabemos das dificuldades financeiras que muitos pacientes oncológicos enfrentam durante o tratamento”, afirmou, acrescentando que o contato da Associação é (19) 98950-8435.

Entretanto, para manter a estrutura da Associação não é fácil. “Ainda não dispusemos de verba pública e mantemos a Associação por meio de bazares que temos aqui em Rio Pardo e em Vargem Grande do Sul, onde também temos a Associação, além de auxílio de minha família e de pessoas que acreditam neste sonho, que é melhorar a qualidade de vida dos nossos pacientes e familiares”.

Neste momento, Ana Paula disse que necessita de equipamentos de fisioterapia para os atendimentos, além de um computador e uma impressora. Quem puder e quiser doar esses equipamentos, que podem ser usados e em bom estado, basta entrar em contato com a Associação.

As doações também podem ser feitas em espécie, qualquer valor, diretamente pela conta corrente 04807-1, agência 0718, CNPJ 33.267.699/0001-00, Banco Sicredi, ou pelo PIX CNPJ: 33267699000100.

“Qualquer doação é muito bem vinda e gostaria de convidar os rio-pardenses para conhecer a Associação, presenciar tudo que promovemos aqui. Somos realmente uma família de profissionais dispostos a proporcionar muito além do atendimento específico em suas áreas, mas de acolher, orientar, abraçar mesmo, no real sentido da palavra, os pacientes e familiares. E fazemos isso com todo amor e respeito do mundo. Essa é a minha, é a nossa missão na Associação. Não podemos mais pensar que o câncer é o fim, é sentença de morte, pois não é. Ele pode ser um recomeço, um reviver, e nós, da Associação, estamos aqui para apoiar tudo isso”, concluiu Ana Paula.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br