Vendedora: A tentativa que se tornou profissão para Zilda Tardelli

http://www.minhasaojose.com.br
Ela comercializa lingeries há 28 anos e começou vendendo de porta em porta. Hoje, com o auxílio da filha, Cristiane, Zilda tem loja física e pretende expandir para cidades da região

Entrevista e texto: Natália Tiezzi

Talvez nem ela mesma imaginasse que a tentativa de vender lingeries casa a casa pudesse se tornar uma profissão, mas foi o que aconteceu com Zilda Maria Bueno Tardelli. Como muitas mulheres, mães, donas de casa, a então recém casada saiu certo dia de ‘sacola’ em mãos e começou a vender as peças a convite da irmã, que confecciona as lingeries até hoje.

Zilda encontrou neste desafio, já que nunca havia vendido nada de porta em porta, uma chance de ajudar o marido com as contas do lar. Entre uma cliente aqui e outra ali, ela foi fazendo sua clientela e o que era para ser uma pequena ocupação acabou se tornando um comércio, com loja física e tudo!

Entretanto, a abertura da loja aconteceu por conta de uma nova fase na vida de Zilda, que passou por uma cirurgia. “Fiz cirurgia em 2018, perdi alguns movimentos do braço, perdi a CNH, tive que tirar a CNH especial e mesmo com o carro automático eu sentia dores. Tudo isso me levou a decisão de abrir a loja para facilitar a minha vida”, destacou.

Apaixonada pelos filhos, a quem se remete com muito carinho, sendo que a filha Cristiane tem sido seu braço direito atualmente na loja, Zilda também teve que enfrentar mais um grande desafio após a abertura da loja: a pandemia. “Fiquei praticamente um mês com a loja aberta e depois tive que fechar, reabrindo com restrições em junho”, disse.

Porém, Zilda é daquelas pessoas que encaram qualquer desafio em busca da plenitude pessoal e profissional. Prova disso é que, além das lingeries, ela também já ampliou sua linha de produtos e pretende aumentar ainda mais para que a “Primavera By Zilda Tardelli” fique do jeitinho que ela sempre sonhou e possa atender cada vez mais clientes.

Vamos conhecer um pouco mais sobre como a lingerie conquistou Zilda e ela vem conquistando seus clientes por meio de lindas peças que vão muito além da calcinha, do soutien ou da cueca?

Confira, abaixo, a entrevista na íntegra

A loja Primavera By Zilda Tardelli foi inaugurada em fevereiro, à rua Campos Salles, 384-A

Zilda, por que você começou a vender lingeries?

Logo que casei, em 1990, eu comecei a fazer salgado para bar. Minha irmã já tinha fábrica de lingerie desde 1984. Ela sempre insistia para eu vender, mas sentia muitas dificuldades em apresentar as peças para as pessoas, até que aceitei o convite para “tentar”.

O que mais te chamou atenção para vende-las?

Sou muito sincera no que digo. Comecei a vender para fugir do fogão porque ainda não conhecia nada sobre beleza e qualidade.

Onde e quando iniciou as vendas?

Comecei em 1992 oferceendo para vizinhas e pessoas conhecidas. Pedia para elas me indicarem pessoas boas e de confiança ecomecei a levar nas casas. Eu não dirigia, não tinha carro, levava naquelas sacolas amarelas das ‘Pernambucanas’…

Onde você buscava as peças para vender e como escolhia?

Eu nunca escolhi as peças, minha irmã montava uma sacola e trazia para mim, pois a marca Primavera de lingerie é dela. Também é por esse motivo o nome de minha loja! Quando apresentava os conjuntos e peças para as pessoas elas notavam a qualidade, o corte, o modelo e se tornavam clientes, além de me indicar a outras pessoas.

Ampla variedade e qualidade produzida em família: a marca Primavera é confeccionada pela irmã de Zilda, fornecedora da loja

Você lembra qual foi sua primeira cliente e que peça vendeu?

Não me lembro da primeira cliente, mas lembro que comecei a vender na rua de cima da igreja São Cristóvão para Fátima Morgan e vizinhas. Depois disso uma amiga, a Márcia Mantovani, me levou para mostrar para as meninas que trabalhavam no Torres confecções, na Nove de Julho. Eu espalhava as sacolas na calçada mesmo. Nessa época fiz encontro de casais, e, consequentemente, comecei a trabalhar nos encontros. Adquiri muitas amizades verdadeiras e que se tornaram minhas clientes.  Depois conheci a Neila Silva, que me levou para o Jardim Aeroporto onde fiz muitas clientes e amigas e assim por diante… Em 1996 tirei minha CNH, pois minha filha Cristiane já tinha 3 anos e eu precisava leva-la comigo. Comprei um Fusca e logo depois engravidei do meu filho André. Levava-os comigo de manhã e deixava na minha mãe na parte da tarde para poder trabalhar.

Como surgiu a ideia de abrir a loja?

Em 2012 machuquei o ombro, sentia muitas dores e por causa do diabetes eu tinha medo de operar. Cheguei a tomar várias caixas de morfina até que não deu mais para continuar tomando remédio. Fiz cirurgia em 2018, perdi alguns movimentos do braço, perdi a CNH, tive que tirar a CNH especial e mesmo com o carro automático eu sentia dores. Tudo isso me levou à decisão de abrir a loja para facilitar a minha vida e poder continuar trabalhando. A inauguração foi em fevereiro deste ano. Também conto com uma ajudante muito especial: minha filha Cristiane, que é meu braço direito aqui na loja.

Qual o carro chefe em vendas da “Primavera By Zilda Tardelli”?

Nosso carro-chefe hoje são conjuntos lindos e de tamanho especial, mas comercializo todo tipo de lingerie. Conjuntos e peças avulsas, masculino e feminino. Pijamas curtos e longos, camisolas, calça flare, moda praia e moda fineses meias. Sou consultora diamante da Natura e tenho uma infinidade de produtos à pronta entrega. Trabalho também com as semijoias Bruna, uma semijóia de alta qualidade, além de camisetas masculinas, masculina infantil, blusas femininas do P ao EGG.

Como está o retorno gradual as atividades comercial após o isolamento?

Graças a Deus eu continuo vendendo bem. Embora muita gente ainda peça para entregar nas casas.  As pessoas de modo geral têm medo do desconhecido e quando vêm conhecer a loja ficam encantadas, satisfeitas e retornam sempre.

Para finalizar, quais são seus planos para o futuro de seu comércio?

Eu nunca tive medo de enfrentar desafios, sou batalhadora e tenho foco. Se eu tiver oportunidade de colocar outros produtos com o mesmo padrão de qualidade não penso duas vezes para aumentar meu portfólio. Pretendo, num futuro breve, abrir lojas em cidades vizinhas.

Além de lingeries, Zilda também é consultora Natura e dispõe de vários produtos à pronta entrega, inclusive kits presenteáveis
As semijoias fazem parte dos produtos que podem ser encontrados na Primavera By Zilda Tardelli
http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br