Música e emoção: Orquestra Jazz Sinfônica de São João lotou o Epidauro

http://www.minhasaojose.com.br
COM REGÊNCIA DO MASTRO AGENOR RIBEIRO NETTO, O CONCERTO FOI PROMOVIDO EM COMEMORAÇÃO AOS 30 ANOS DA RIOPLASTIC

Reportagem: Natália Tiezzi Manetta. Fotos: Leandro Manetta

Emoção, diversão, reflexão. Sentimentos que afloraram ao grande público que lotou o teatro de arena Epidauro na noite de domingo, 17, durante a apresentação da Orquestra Jazz Sinfônica de São João da Boa Vista. Sob a regrência do maetsro Agenor Ribeiro Netto e do mastro adjunto Jota Lobo, a apresentação foi promovida em comemoração aos 30 anos da empresa Rioplastic, sendo que a orquestra também é patrocinada pela rede Fonseca Supermecados e pelo Bradesco por meio da Lei Rouanet.

“É uma grande alegria e satisfação voltar aqui em São José, agora como cidadão rio-pardense, e fazer parte deste grande espetáculo cultural que o Marcus Guradabaxo e o Márcio Fonseca estão proporcionando por meio de suas empresas à população. Meus parabéns à Rioplastic e a Rede Fonseca Supermercados pelo crescimento constante e por acreditarem em nossa arte”, destacou Agenor.

Do erudito ao clássico, a Jazz Sinfônica, composta por 70 músicos, fez um ‘passeio’ pela França, Espanha, Estados Unidos, além de tocar temas de filmes como Batman, Dança com Lobos e Robin Hood, que contou com a participação dos cantores Jô Martucci, Andre Sabino e Juninho Almeida.

Porém, duas pequenas meninas gigantes no talento roubaram a cena. Uma delas, Amanda Biceglia, Agenor descobriu por acaso, quando recebeu um vídeo da menina-moça cantando. “Arrepiei. Uma voz grave inconfundível e, ao mesmo tempo, uma doçura que encanta”, observou Agenor ao apresenta-la. E o público pode comprovar toda expressividade da voz de Amanda em canções de Amy Winhouse e Frank Sinatra.

A voz doce e grave de Amanda Biceglia: um jovem talento que arrancou muitos aplausos do público e o olhar de admiração do maestro

Já boa parte da emoção da noite também ficou por conta das mãos e dedos graciosos e precisos ao teclado de Daiane Vieira. A menina, que é deficiente visual, tem seus estudos patrocinados pela Rioplastic, que acreditou em seu dom, assim como Agenor, que a convidou para se apresentar com a orquestra. Juntamente com uma convidada, Daiane tocou muito mais que o teclado, mas o coração da plateia em sua interpretação de Only Time, de Ênia, uma canção que fala sobre o poder do tempo em nossas vidas.

Ao final da apresentação, Daiane, que ainda não tinha um teclado, foi presenteada com o instrumento que acabara de tocar também pela Rioplastic. O gesto da empresa emocionou ainda mais o público e, claro, a pequena pianista, que veio às lágrimas e agradeceu pela oportunidade de mostrar seu talento.

A pequena Daiane, que mesmo com sua deficiência visual, acreditou no seu dom e no seu sonho de ser uma grande pianista

Não menos emocionados ficaram Agenor e os músicos da orquestra, que, para fecharem a apresentação com chave de ouro botaram todos para dançar ao som de I Will Survive.

ORQUESTRA VIOLAS & VIOLINOS SE APRESENTARÁ DIA 28 DE DEZEMBRO EM RIO PARDO

Agenor voltará a São José dia 28 de dezembro com o show Violas & Violinos, que mistura música sertaneja com o erudito de forma caipira. “Tião Carreiro com Mozart, Tonico e Tinoco com Beethoven e por aí vai. Sem dúvida será mais uma emocionante apresentação e, desde já, quero convidar a todos para prestigiarem”, convidou o maestro. A apresentação também está prevista para acontecer no Epidauro.

CONFIRA ALGUNS MOMENTOS DA APRESENTAÇÃO

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores minhasaojose@uol.com.br