Covid-19: Em sete dias, mais 563 casos positivos, um óbito e aumento nas internações na UTI

http://www.minhasaojose.com.br

Mais uma semana de números altíssimos relativos à Covid-19 em São José do Rio Pardo. Nos últimos sete dias, período entre os dias 13 e 20, foram registrados mais 563 casos positivos da doença, além de um óbito, uma pessoa com 66 anos, conforme informações divulgadas pelo Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde.

Somente nos últimos sete dias foram realizadas 1.222 notificações à doença.

A maioria dos casos positivos neste período foi registrada em pessoas entre 31 e 40 anos, com 115 contaminados, seguidos por munícipes na faixa etária entre 21 e 30 anos, com mais 111 positivados.

O número de pacientes internados na UTI também aumentou, passando de uma pessoa no dia 13, para quatro no dia 20, sendo três de Rio Pardo e um da região. Na Enfermaria, seis pacientes, todos rio-pardenses, estão internados.

Alta também no número de casos entre os profissionais da Saúde. No dia 13 eram 156 e, no dia 20, 175 contaminados.

Pacientes monitorados, inclusive após alta hospitalar, também aumentaram neste período de sete dias, passando de 108 no dia 13, para 132 no dia 20.

Um dos números que mais chamou a atenção nestes últimos sete dias foi o de pacientes aguardando resultado de exames, que saltou de 372 no dia 13, para 972 no dia 20. Muitos munícipes, por meio das redes sociais, questionaram a lentidão nos diagnósticos.

A população também vem questionando a Saúde Municipal quanto aos casos de internações no tocante à vacinação desses pacientes que estão internados.

Embora a maioria dos contaminados apresentem sintomas mais brandos, conforme relatado pelos profissionais da Saúde, percebe-se, por meio dos Boletins diários, um aumento no número de pacientes internados, principalmente na UTI nesta semana.

Neste período de sete dias, 515 pacientes se recuperaram da doença.

Portanto, as medidas básicas de prevenção devem e precisam continuar, como o uso de máscaras, o distanciamento de pelo menos 2 metros, evitar qualquer tipo de aglomeração e higienizar constantemente as mãos.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br