Vereador Fernando Gomes afirma que atuará na geração de oportunidades aos jovens

http://www.minhasaojose.com.br
Eleito para seu 1º mandato, ele destacou que também desempenhará a vereança na área da educação e na assistência aos mais vulneráveis

Entrevista e texto: Natália Tiezzi

Em sequência às entrevistas com os novos vereadores, o www.minhasaojose.com.br conta um pouco de como será a atuação do vereador Fernando dos Santos Gomes. Eleito para seu 1º mandato na Câmara, ele destacou as áreas em que mais pretende atuar, o que inclui a geração de oportunidades para os jovens.

Fernando é Graduado em Filosofia e Teologia, Pós-Graduando em Educação em Sexualidade. Também é técnico em Administração de Empresas e formado em Coaching Integral Sistêmico pela FEBRACIS. Ele trabalha como professor e produtor digital de cursos à distância e há anos desenvolve um intenso trabalho como conferencista e escritor, com 3 livros publicados, sendo que dois deles foram traduzidos para o espanhol. Já ministrou palestras nos EUA, Espanha, Polônia, Inglaterra, Bolívia e em todos os estados do Brasil, com participações em conferências na Itália, México, Argentina e Equador.

O vereador é membro da Comunidade Católica Presença, que desenvolve diversos serviços de evangelização e promoção social em São José do Rio Pardo e outras regiões do país.

Durante a entrevista, Fernando também destacou os motivos que o levaram a se candidatar, como também alguns pedidos da população, sendo a maioria de serviços públicos básicos.

“Esperem que eu seja exatamente quem sou antes de ingressar na política: um homem de fé, de princípios, defensor da vida e da família, aberto ao diálogo, comprometido com o bem comum”, disse.

Confira, abaixo, a entrevista na íntegra.

Fernando, foi a primeira vez que se candidatou? Por quê?

Fernando dos Santos Gomes: Sim, foi a primeira vez que me candidatei.  Na verdade, faço parte de um grupo de cidadãos de bem que acredita que a política é a arte para trabalhar pelo bem comum, e duas vezes indicaram o meu nome para sair como candidato. Há quatro anos atrás não quis, mas dessa vez aceitei porque entendi que se pessoas de caráter e com certo preparo não se colocarem à disposição da população para ocupar esses espaços de decisão, não adianta reclamarmos dos maus políticos. Precisamos fazer a nossa parte, e por isso resolvi abraçar essa empreitada e colocar os dons e capacidades que Deus me deu para ajudar nossa cidade a trilhar o caminho do desenvolvimento.

Você esperava ser eleito?

Sim, e digo isso com muita humildade. Porque nossa candidatura não foi fruto apenas de um sonho pessoal, mas sim do desejo de um grupo de ver pessoas de bem na política agindo com mais integridade, transparência, liderança e capacidade de diálogo para realmente buscar as soluções dos problemas, deixando de lado a politicagem. Portanto, desde o começo o nosso comprometimento fui muito grande. Fizemos um trabalho totalmente diferente, baseado na conscientização das pessoas, incentivando o protagonismo e a participação cidadã, sem investimentos financeiros, sem sujeira na rua ou na casa dos outros. Decidimos romper com o desencanto e a indiferença e semear a esperança no coração das pessoas. Inclusive esse foi o lema da nossa campanha: semeando esperança! E as pessoas perceberam a limpidez e retidão das nossas intenções, sentiram-se representadas pela nossa candidatura e não mediram esforços em voluntariamente se engajar nessa causa, tornando possível nossa eleição, como segundo vereador mais votado nesse pleito.

Qual será sua prioridade na Câmara?

Particularmente, anseio atuar na geração de oportunidades para os mais jovens, e dar uma atenção especial também na questão da geração de emprego, na área da educação e nas camadas sociais mais vulneráveis do município. Faço sempre questão de reforçar que o meu foco é o bem comum, e meu principal compromisso é fazer do diálogo e da transparência a mola propulsora para promover a unidade entre os diversos setores da sociedade rio-pardense e assim contribuir para a solução dos problemas concretos do município. 

Após eleito você já ouviu muitos pedidos da população? Estes pedidos/reclamações se concentram em quais áreas?

Recebi alguns. Os pedidos de cunho assistencialista, busco primeiro educar as pessoas sobre o papel do vereador que não é dar coisas para as pessoas e em seguida encaminhar para os órgãos assistenciais competentes. Por hora, os pedidos que apareceram são mais na área de zeladoria do município, como por exemplo, criação de lombadas, sujeira em terrenos e cobertura do serviço de correios em bairros mais novos, melhorias no asfalto, etc.  

Você é novato, porém, já teve contato com outros vereadores atuantes na Câmara. Como eles o trataram?

O contato inicial com os vereadores foi bastante cordial, respeitoso e acolhedor. Graças a Deus fui bem recebido por todos.

O que mais aprendeu durante o curso de formação de vereadores realizado pela Câmara?

Foram muitos os aprendizados e ficou ainda mais evidente que grande parte da população ainda não sabe a real importância do papel do vereador dentro do município. Pois trata-se uma função nobre e de grande envergadura, que exige muito preparo e dedicação para que a pessoa esteja à altura do cargo.

E o que os seus eleitores e toda a população podem esperar do Fernando vereador?

Esperem que eu seja exatamente quem sou antes de ingressar na política: um homem de fé, de princípios, defensor da vida e da família, aberto ao diálogo, comprometido com o bem comum. Estou totalmente à disposição para ouvir a população e preparado para defender e promover boas propostas na Câmara Municipal.

Para finalizar, o que espera do governo de Márcio Zanetti, já que o apoiou em sua candidatura?

Espero que não meça esforços para colocar em prática o Plano de Governo da nossa coligação e que seja uma administração dinâmica, inovadora e transparente com a população, mantendo sempre um bom diálogo e relacionamento com a Câmara Municipal.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br