Núcleo Cênico de Artes da Fábrica de Expressão lança curta-metragem nesta quinta, dia 10

http://www.minhasaojose.com.br
Inspirado na obra de Clarice Lispector, “O que vem depois de ser feliz” terá transmissão pelo Canal do Youtube e redes sociais do Departamento de Cultura

No ano comemorativo do centenário de nascimento da escritora Clarice Lispector – 10/12/1920 – 10/12/2020, o Núcleo Cênico de Artes – Fábrica de Expressão, lançará, na noite de quinta-feira, 10, a partir de 20h00, o curta-metragem “O que vem depois de ser feliz?”. A transmissão será por meio do canal do Youtube: Núcleo Cênico de Artes – Fábrica de Expressão e nas redes sociais do Departamento de Cultura.

O diretor artístico, Mauro Posso, explicou que a ideia da produção surgiu a partir do aprofundamento na essência e na obra de Clarice. “Um vasto universo de descobertas e sensações da vida. Uma escritora que escreveu busca do “Eu” indagando constantemente quem somos e que qual a intensidade do viver”, observou Posso.

Posso explicou que o curta busca a reflexão de uma pergunta que leva o seu nome: O Que Vem Depois De Ser Feliz? “O encontro das personagens Joana ( personagem do livro Perto do Coração Selvagem 1943), é uma mulher de personalidade forte, com ideais, escreve artigos sobre o viver, a frente do seu tempo para estar num casamento convencional, com o seu marido Otávio. Otávio é advogado, é um bom homem, ama Joana, ama tanto que a sufoca com atitudes machista, e sabe que não consegue controlar essa mulher pulsante e que nada a aprisiona de viver liberta”.

Já Ana ( personagem do conto Amor – Laços de Família 1960) é mãe de Joana e tem uma vida tranquila. “Porém uma vida que vai se passando sem senti-la, mas a caminha para casa de sua filha, vive um choque de realidade que presenciara na rua, que a fez repensar sobre a vida e a intensidade do viver”.

Rodrigo, outro personagem do curta, é um amigo bem humorado da família, jornalista que trabalha no mesmo jornal onde Joana escreve. Rodrigo vai encontrar uma moça tímida e encantadora, Macabéa ( personagem do livro Hora da Estrela 1977). “Ela é de vive uma vida simples e pobre desde criança, em uma cidade pequena no interior do nordeste, e acabara de chegar na cidade com maiores dificuldades. Sua inocência é linda, ela possui uma única certeza, de que o ser humano tem a obrigação de ser feliz! Joana, Ana e Macabéa percorrerão na busca de si mesmas e a resposta da pergunta inicial”, destacou o diretor artístico.

A realização é da Prefeitura Municipal São José do Rio Pardo, DEC – Departamento de Esporte e Cultura,  Núcleo Cênico de Artes – Fábrica de Expressão. Apoio e Produção: Norte Studio.

Personagem/Elenco: 

Joana – Tilara Mello

Otávio – Alax Junior

Ana – Tânia Elizabeth

Macabéa – Sandreli Veiga

Rodrigo – Pablo Lucas

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
%d blogueiros gostam disto: