Escovação: Odontopediatra Anelena Braghiroli fala sobre o processo correto desde a infância

http://www.minhasaojose.com.br

Entrevista e texto: Natália Tiezzi

A escovação dentária ainda é principal forma de prevenir doenças bucais como a cárie, tártaro, placa bacteriana, entre outras, porém, deve ser feita de forma correta desde a infância para a prevenção correta.

Entretanto, é exatamente na infância que os pais têm muitas dúvidas quanto à escovação. Quando iniciar? Qual creme dental usar? Qual escova? Mas precisa mesmo escovar o dente de leite – ele não vai cair? Precisa cuidar? Essas são dúvidas e perguntas mais frequentes no consultório da odontopediatra Anelena Braghiroli.

Em entrevista ao www.minhasaojose.com.br ela esclareceu dúvidas sobre a escovação nas crianças e a importância dos pais buscarem informações junto aos dentistas para não ocorrerem erros na hora de cuidar da primeira dentição dos filhos.

“São poucos os pais que buscam orientações preventivas para os pequenos. Em média, a primeira visita ao Odontopediatra gira em torno de 3 anos ou mais, e ,na maioria das vezes, a criança já apresenta dor”, observou Anelena.

Ela disse que muitos pais não dão importância aos cuidados com dentes de leite na ilusão de que eles vão cair e não doem. “Isso é um grande engano. Os dentes de leite requerem os mesmos cuidados dos dentes permanentes, e a perda precoce dos mesmos gera vários problemas de mal oclusão, mastigação e até fala”, explicou, acrescentando que se as mães receberem orientações quanto aos cuidados com a saúde bucal dos filhos ainda quando são bebês, o risco de cárie na primeira infância seria muito baixo.

A perda precoce do dente de leite também pode gerar vários problemas para a dentição permanente e estéticos, se for os dentes anteriores”, observou Anelena

CUIDADOS BÁSICOS

A odontopediatra informou que durante os primeiros meses de vida, a higiene oral já deve ser introduzida após as mamadas, com água filtrada, gaze ou dedeira de silicone. Ela explicou que “as mamadas noturnas são muito prejudiciais para a dentição da criança, já que o risco da mesma desenvolver manchas brancas (forma inicial da cárie), é muito alto, e logo as machas se transformam em cavidades maiores”.

“Quando os primeiros dentinhos erupcionam já pode ser usada escova bem macia, específicas para a faixa etária, oferecendo como brincadeira na hora do banho para criança já se familiarizar com a mesma. Pode ser usado também creme dental sem flúor, por conta da ingestão”, orientou.

Anelena explicou que essa é a fase ideal para a primeira visita ao dentista, pois além de orientações quanto alimentação, rotina de escovação e modo de escovação, a criança vai se familiarizando com o próprio ambiente odontológico.

Para as crianças que já apresentam cáries, a odontopediatra disse que o tratamento das mesmas em dentes decíduos (dentes de leite), tem que ser realizado normalmente como nos dentes permanentes, pois a criança sente dor da mesma forma que o adulto. “Não é porque o dente de leite vai cair que não tem que tratar. Às vezes a cáries e tão extensa que tem até que fazer tratamento de canal”.

Ela ressaltou que a perda precoce do dente de leite também pode gerar vários problemas para a dentição permanente e estéticos, se for os dentes anteriores.

“Como sempre digo a prevenção é o melhor remédio, escovando os dentinhos diariamente três vezes ao dia, principalmente antes de dormir, o risco de cárie na criança será bem baixo”, concluiu.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
%d blogueiros gostam disto:
Secured By miniOrange