Uma nova Galerinha Teen para as novas gerações: Reinauguração será dia 20

http://www.minhasaojose.com.br
Novo espaço, à rua Treze de Maio, agregará confecções de grandes marcas e peças para o dia-a-dia, serviço delivery e também vendas on line

Reportagem e texto: Natália Tiezzi Manetta

Uma das lojas mais tradicionais do segmento de confecções infantil e infanto-juvenil está sendo totalmente reformulada, inclusive com mudança de endereço. A Galerinha Teen será reinuagurada à rua Treze de Maio, 225, na próxima segunda-feira, dia 20, a partir das 9h00.

Em entrevista ao www.minhasaojose.com.br, que esteve no novo espaço, as irmãs, sócias e empresárias Cristiane Galera Mazzer e Lidiane Fornari Galera Perussi, sempre muito atenciosas e agradáveis ao balcão, falaram sobre essa nova etapa da loja, bem como das novidades que já estarão disponíveis a partir da reinauguração.

A idealizadora da empresa, Cristiane, contou um pouco de sua história como comerciante, além da história da Galerinha Teen, que possui esse nome em homenagem ao sobrenome do pai, o saudoso ‘Galera’.

“Estamos adaptando a loja a uma nova realidade, inclusive econômica do país, onde as mamães estão em busca de roupas de qualidade, com preços mais acessíveis e essa será a proposta da nova Galerinha: continuar oferecendo as melhores marcas, com confecções para diversas ocasiões, incluindo o dia-a-dia, bem como para presentar, sempre com aquela qualidade e planos de pagamento para todos os públicos”, destacou Cristiane. Confira abaixo a entrevista na íntegra.

Cristiane, quando você começou a trabalhar com confecções infantis?

Cristiane Galera Mazzer: Na verdade minha mãe, a Sônia Fornari Galera, tinha uma loja de bairro com confecções para todas as idades. E quando eu tinha uns 17, 18 anos, comecei a fazer compras em São Paulo para a loja. Foi a partir daí que passei aa, digamos, ‘pegar gosto’ pelo comércio, pelo lidar com o público, conversar, atender, coisas que amo fazer até hoje.

As irmãs e agora sócias, Cristiane e Lidiane: Amor pelo comércio e paixão pelas crianças, que podem ser comprovados na atenção e atendimento na loja

E como surgiu a idéia de abrir a Galerinha Teen?

Depois de concluir o Ensino Médio, período em que já trabalhava na loja de minha mãe, comecei a cursar Direito na UNIFEOB em São João da Boa Vista no período vespertino. Conclui o curso e advoguei por 15 anos, inclusive meu primeiro emprego foi na Associação Comercial e Industrial, onde permaneci por 12 anos. Foi então que me casei, engravidei de minha primeira filha e não consegui conciliar a maternidade com o trabalho na ACI. Todavia, eu não queria ficar parada profissionalmente falando e ao sair para comprar roupinhas para minha bebê sentia que não havia muitas opções de roupas diferentes, que unissem qualidade e preço bom. Foi então que surgiu a ideia da loja, pois conseguiria voltar ao mercado de trabalho e conciliar o comércio com os cuidados com minha filha (sou mãe de duas meninas e ambas cresceram atrás dos balcões comigo!)

A Galerinha praticamente trouxe este novo conceito em moda infantil e teen aqui para São José. Quais foram as marcas que consagraram a loja?

Algumas nem sei se ainda estão no mercado, mas quando inaugurei a loja, em 2009, trabalhávamos com a Mini Kids, Crocante Brasil, Zero Bala, Joy, by Morena Rosa, Pituchinho’s, além da Mon Sucré e Petit Cherie, sendo ambas as que realmente consagraram a loja e são muito procuradas até hoje.

Quais foram as maiores dificuldades que a loja enfrentou ao longo destes 11 anos?

É muito difícil encontrar marcas de roupas boas para o público adolescente, justamente por ser um período de transição entre o infantil e o adulto. Mas, aos poucos, ‘garimpamos’ algumas marcas que foram bem aceitas por eles. Como a demanda é alta, as peças chegam e são adquiridas muito rápido. Pessoalmente falando, manter uma porta aberta hoje é muito difícil. A carga tributária é muito grande. Confesso que estamos neste ramo porque realmente gostamos do que fazemos.

As confecções femininas ainda são o carro-chefe da Galerinha?

Sim, desde o RN até o tamanho 16! Mas as confecções masculinas, entre o número 1 e 4 também têm muita procura.

Qual foi o motivo da mudança para o novo endereço?

A Galerinha Teen está em uma nova fase e para atingirmos novos objetivos e públicos nada melhor que mudar o espaço também. A rua Treze de Maio é uma das mais importantes do comércio rio-pardense. A idéia é agregarmos novas marcas, com excelente qualidade, mas com preços mais acessíveis para ocasiões que vão desde presentes para aniversários, até confecções para o dia-a-dia das crianças e adolescentes. Além do público rio-pardense, queremos ampliar nossa clientela que, graças a Deus, é forte também na região entre as cidades de Mococa, Casa Branca, Tapiratiba, Guaxupé, Divinolândia, Caconde, Itobi, São Sebastião da Grama. Além disso, aqui teremos um espaço kids para que as crianças possam se divertir enquanto as mamães fazem as compras.

Além de novidades em marcas e produtos, a loja contará com mais serviços aos clientes?

Lidiane Galera Perussi: Sim, além do delivery, que é um grande sucesso, onde levamos as novidades aos clientes vias pedidos pelo Whatsapp, a loja também disponibilizará um site para compras online, uma nova forma de comércio que a Galerinha vai oferecer a seus clientes para facilitar as compras, bem como as redes sociais, que estreitam essa relação cliente/empresa, extremamente importante para que possamos sempre atender as necessidades dos nossos públicos. A palavra de ordem da nova Galerinha Teen é inovação. Desde já, a Cristiane e eu convidamos a todos, amigos e clientes para prestigiarem a reinauguração no dia 20. Está tudo sendo reformulado com muito carinho aqui na loja. Vocês vão se surpreender!

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br