Tiro de Guerra: Reformas no prédio devem estar concluídas até o final de outubro

http://www.minhasaojose.com.br
1º Sargento Tokarski falou sobre atuação dos atiradores em eventos beneficentes e em prol à comunidade

Reportagem e texto: Natália Tiezzi Manetta

Desde agosto de 2018, a sede do Tiro de Guerra 02-038 está passando por amplas reformas, tendo em vista a melhoria de sua estrutura para receber os atiradores, bem como a criação de um acervo fotográfico e biblioteca. De acordo com o 1º Sargento Cláudio Luiz Tokarski, a obra deve estar concluída até o final de outubro.

“Em 2015, pouco antes de eu assumir o Tiro de Guerra, fato que ocorreu em 2017, as atividades quase foram encerradas por falta de condições estruturais para receber os atiradores. Graças ao Poder Público, sendo a Prefeitura, com o apoio da Câmara Municipal, conseguimos promover essa reforma que se fazia necessária principalmente para o bem estar dos atiradores”, explicou.

Tokarski informou que houve a reformulação do vestiário, que conta agora com chuveiros e armários para cada atirador, colocação de piso e troca do forro no auditório, manutenção em toda a parte elétrica e hidráulica. “Além disso, vamos aproveitar espaços para criação de um acervo fotográfico e de uma biblioteca para que os antigos atiradores possam relembrar seus momentos no Tiro de Guerra, bem como mostrar um pouco mais das atividades que o mesmo desenvolve para a comunidade”, disse.

Toda a mão de obra, bem como os recursos para a reforma, são advindos do Executivo. “A Prefeitura reconheceu essa necessidade estrutural e desde então assumiu as reformas com mão de obra e a verba. Acredito que até o final de outubro as obras estejam concluidas e possamos promover a reinauguração da sede”, afirmou.

Troca de pisos no auditório faz parte das amplas reformas na sede do Tiro de Guerra

UM TIRO DE GUERRA CADA VEZ MAIS ATUANTE

Tokarski, que é natural de Araucária (PR) e está há 20 anos no Exército, fez com que a sociedade conhecesse um pouco mais os atiradores e esses estão podendo mostrar à população um pouco de tudo o que aprendem, com ações de civismo e cidadania. “O próprio poder público passou a conhece-los e entendeu as razões às quais necessitávamos desta parceria com relação à reforma na sede”, afrmou o Chefe de Instrução.

A participação cada vez mais ativa dos atiradores em eventos beneficentes, solenidades, etc, também está abrindo portas ao mercado de trabalho. Muitas empresas e empresários demosntram preferência para oportunar emprego a jovens que estão prestando o Serviço Militar, principalmente porque notam que são mais responsáveis, disciplinados, características indispensáveis para um bom desempenho enquanto colaboradores”, destacou.

Além dos eventos, os atiradores participam ainda de ações públicas ligadas ao Meio Ambiente, como plantio de árvores e limpeza de espaços públicos, e campanhas de conscientização na Saúde, como a Dengue, por exemplo, sendo outras maneiras de colaborar com a população. “O melhor de tudo isso é poder oferecer situações em que oa atiradores possam exercer exatamente aquilo que aprendem no TG na prática. Os resultados estão sendo bem positivos, pois a sociedade respeita muito nossos atiradores e enxergam neles sempre uma fonte de formação e informação confiáveis.

Outra forma de dar mais visibilidade aos trabalhos promovidos pelo Tiro de Guerra é por meio de visitas do 1º Sargento e atiradores nas escolas. “Geralmente participamos de alguma atividade cívica e levamos informações sobre alistamento militar e exposição de material. As crianças são excelentes difosoras de informação. Enfim, acredito que levar o TG cada vez mais à sociedade está contribuindo até mesmo para que os jovens optem pelo Serviço Militar, não apenas no tocante a uma oportunidade de trabalho, mas como um período de aprendizado para se tornarem cidadãos que realmente auxiliem a cidade”.

DIA DO SOLDADO CONTOU COM SOLENIDADE NA PRAÇA XV DE NOVEMBRO

Na noite de domingo, 25 de agosto, uma selenidade marcou as comemorações alusivas ao Dia do Soldado. Na ocasião ocorreu a formatura dos atiradores, cujo ato contou com a presença de familiares e autoridades.

Durante o discurso, Tokarski relembrou um pouco da história do Exército e do patrono, Duque de Caxias. Ao final, replicou as palavras do General e Comandante do Exército, Eson Leal Pujol. “Ser Soldado é mais que profissão: é missão de grandeza. Na senda deste sábio provérbio militar do General Leônidas Pires Gonçalves, antigo Ministro do Exército, sigamos o legado do Pacificador! Cultuemos as virtudes militares, mantenhamo-nos íntegros e tenhamos fé na suprema missão do Exército de defender a Pátria, os poderes constitucionais, a Lei e a Ordem.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br