Saúde Bucal dos adolescentes: Anelena Braghiroli fala sobre o tema e dicas de cuidados

http://www.minhasaojose.com.br
Ela observou que os jovens, na maioria das vezes, não aceitam uma rotina de cuidados bucais, mas que isso é essencial, assim como com crianças e adultos

Entrevista e texto: Natália Tiezzi

Os cuidados com a saúde bucal devem ocorrer em todas as fases da vida e na adolescência não é diferente. O problema é que os adolescentes nem sempre se atentam à ela, seja por distração, falta de estímulo ou por acreditarem que eles são imunes às doenças da boca, o que inclui a cárie, a placa bacteriana, entre outros problemas.

Em entrevista ao www.minhasaojose.com.br, a odontopediatra Anelena Braghiroli destacou a importância de os adolescentes terem uma rotina aos cuidados com a saúde bucal, o que ficou muito esquecido também durante a pandemia, inclusive por conta do ensino remoto.

Ela também citou os cuidados especiais que os adolescentes que usam aparelhos ortodônticos devem ter diariamente, bem como os problemas ocasionados pela falta de cuidados com a saúde bucal.

E os pais podem e devem auxiliar e incentivar os adolescentes, além de também buscarem informações junto aos dentistas dos jovens, principalmente para saber como está a saúde bucal dos filhos, ou seja, como se realmente fosse um acompanhamento escolar. “A Saúde começa pela boca, não apenas para prevenir doenças bucais e até outras delas, como as viroses! Portanto, jovens, vamos cuidar de nossa saúde bucal!”, destacou a odontopediatra.

Confira, abaixo, a entrevista na íntegra.

Anelena, qual é a maior dificuldade, tanto dos profissionais, quanto dos pais, em fazerem com que os adolescentes cuidem da saúde bucal?

Anelena Braghiroli: Os adolescentes, na maioria das vezes, não aceitam uma rotina de cuidados bucais. Os pais trazem para o retorno semestral  e, na maioria das vezes, estão com gengivite, uma doença causada pelo acúmulo de placa bacteriana, má escovação, inclusive em jovens que fazem uso de aparelho ortodôntico.

É verdade que muitos sequer escovam os dentes? Qual o principal motivo disso?

Os pais relatam que ‘pegam no pé’ para escovação, mas na maioria das vezes esses adolescentes ficam sozinhos em casa, pois a grande maioria dos pais trabalham e não acompanham essa rotina. A pandemia piorou um pouco essa situação. Percebia que durante o período de ensino remoto, do jeito que eles acordavam já iam para computador, comiam toda hora, dormiam novamente, além de perderem muito tempo no celular. Isso prejudica ou extingue uma rotina de escovação e cuidados. Mesmo agora com o retorno das aulas presenciais ainda há escolas com ensino híbrido e quando as aulas são on line essa falta de rotina com a saúde bucal continua, o que não deveria ocorrer. É essencial e necessário escovar os dentes ao menos três vezes ao dia, tendo um intervalo entre as escovações e as refeições.

E como deve ser os cuidados com a escovação dos adolescentes que fazem uso de aparelhos ortodônticos?

Atualmente, a maioria dos adolescentes necessita de uso de aparelho ortodôntico, que requerem um maior cuidado com a higiene, pois além de ser uma barreira a mais para retenção de placa bacteriana, ele requer maior cuidado durante escovação, além de ser mais difícil para passar o fio dental. Neste caso é preciso utilizar passa fio para facilitar o uso do mesmo, escovas interproximais, ou seja, tudo isso requer uma pouco mais de tempo e paciência, coisa que os adolescentes não têm, mas precisam aprender a ter.

Adolescentes que fazem uso dos aparelhos ortodônticos precisam ter ainda mais cuidado com a saúde bucal, escovação e limpezas

O que a falta de escovação adequada pode ocasionar a esses adolescentes que usam aparelho e para os demais que não fazem uso?

A falta de uma rotina de escovação pode causar cáries, gengivite e se agravar podendo levar a formação de tártaro e problemas periodontais.

Como os pais/responsáveis podem auxiliar esses jovens nesta questão de cuidarem da saúde bucal?

Tenho uma adolescente em casa e sei o quanto e difícil organizar a rotina deles… eles falam com a gente mexendo no celular! Sou 1marcação cerrada1 com minha filha quanto à rotina de escovação, ela faz uso de aparelho também.  Faço ela fazer a escovação pela manhã, após almoço, principalmente antes de dormir, e faço limpeza nela a cada 3 meses para diminuir o risco de gengivite. Tenho parceria com vários ortodontistas e  como os pacientes vão até eles mensalmente para manutenção, se eles observarem que está precisando de uma limpeza extra, eles já indicam para mãe retornar para fazer antes dos 6 meses.

Você já tratou casos difíceis de jovens com muitos problemas bucais?

O medo é, acima de tudo, a maior dificuldade que encontro para realização do tratamento, seja em crianças em jovens e até adultos. A dor está relacionada ao medo, pois se o paciente tem dor em casa ao escovar, ao comer, porque não vai ter dor na consulta? Essa é a maior insegurança que nós, dentistas, temos que lidar ao fazer um tratamento. Para isso precisamos fazer o paciente confiar em nós, de uma forma que o tratamento, curativo ou preventivo, seja realizado com sucesso, e mostrar de formas lúdicas imagens e vídeos, para que os pacientes fiquem condicionados a realizar os cuidados em casa para evitar maiores problemas.

Quais os danos que a falta de cuidado com a saúde bucal na adolescência pode causar na vida adulta?

O maior dano é a perda precoce do dente permanente. A perda desse elemento dental vai causar mal oclusão que, às vezes só com uso de aparelho ortodôntico não vai resolver e pode ser necessário a realização de implante para suprir a ausência daquele dente. Como digo sempre: a prevenção é sempre o melhor negócio, seja na criança, no adolescente e nos adulto. Diminuir o consumo de doce, de refrigerante e ter uma rotina de escovação ajuda a diminuir o índice de cárie e doença periodontal. Sugiro que as visitas ao dentista sejam a cada seis meses, mas em casos em que o paciente necessite de um cuidado mais especifico, sugiro que o tempo seja reduzido a cada 3 meses. E não se esqueçam: a Saúde começa pela boca, para prevenir doenças bucais e até outras delas, como as viroses! Portanto, vamos cuidar de nossa saúde bucal, sempre!

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
%d blogueiros gostam disto: