Relíquias rio-pardenses: Mármores e algumas imagens da ‘Capela do Hospital’ vieram da Itália

http://www.minhasaojose.com.br

Reportagem, texto e fotos: Natália Tiezzi Manetta

A Capela Sagrado Coração de Jesus, mais conhecida como ‘capela do hospital’ justamente por ficar nas dependências da Santa Casa, é uma das relíquias rio-pardenses e guarda algumas histórias curiosas.

Em entrevista ao site, a Irmã Cecília Paula, da Congregação Filhas de Nossa Senhora do Monte Calvário, contou algumas à reportagem. “A Capela foi construída junto com a construção da Santa Casa e terminou em 1939. O objetivo era manter um espaço de oração para as Irmãs, para os doentes e familiares, bem como aos fiéis que quisessem frequenta-la”, disse.

Irmã Cecília contou ainda que o mármore existente na capela, assim como as imagens que nela foram colocadas são provenientes da Itália e vieram de navio para o Brasil. “Naquela época, as Irmãs da Congregação participavam dos serviços administrativos da Santa Casa e tanto o mármore quanto as imagens vieram da Itália sob os cuidados de uma delas. Somente as imagens de Santa Virgínia e Nossa Senhora Aparecida não são italianas”.

Nestes mais de 80 anos, a Capela Sagrado Coração de Jesus passou por alguns trabalhos de conservação, sendo o último deles no ano passado, promovida pela Santa Casa, onde ocorreram lavagem e pintura do telhado, pintura externa, troca da porta da sacristia (acesso à área externa), uma janela de madeira, além da colocação de proteção nos vitrais.

As Irmãs da Congregação são responsáveis pelos cuidados diários com a capela, bem como a preparação para as missas.

PARTICIPAÇÃO DOS FIÉIS

A participação dos fiéis nas missas promovidas na Capela sempre chamou a atenção. Porém, os fiéis não apenas fazem suas orações, como também auxiliam sua manutenção, principalmente quando o espaço passa por reformas, a exemplo da última, onde boa parte da tinta utilizada na pintura foi doada pela população.

Além das missas, a Capela Sagrado Coração de Jesus continua sendo um local de agradecimentos e preces frequentado pelos doentes, familiares e colaboradores da Santa Casa.

Para quem quiser participar das missas, elas acontecem de segunda a sexta, 6h00. Aos sábados, 16h30, e aos domingos, 7h00. “Graças a Deus, a Capela é muito bem frequentada. As missas, mesmo as que acontecem durante a semana, bem cedinho, possuem um bom público. Já aos finais de semana, o espaço é tomado por completo pelos fiéis. Ficamos realmente felizes por uma Capela que tem mais de 80 anos ser tão querida pelos rio-pardenses”, concluiu Irmã Cecília.

VEJA COMO ESTÁ A CAPELA APÓS AS RESTAURAÇÕES

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br