Muito além de um hobby: Quando a fotografia se torna inspiração para a vida

http://www.minhasaojose.com.br

Alexandre Galego começou a fazer fotos casuais com o celular e hoje utiliza até um drone para captar ângulos inéditos

Reportagem e texto: Natália Tiezzi Manetta

Você provavelmente já deve ter visto alguma imagem captada por ele pelo Facebook ou Instagram e dito: ‘nossa, que foto linda’. Seja na zona rural ou urbana, Alexandre Galego vem se destacando nas redes sociais com suas fotografias, principalmente porque elas têm um diferencial: são registradas de ângulos inusitados e até inéditos.

Em entrevista ao site, Galego disse que a fotografia entrou por mero acaso em sua vida. “Há 10 anos comecei a pedalar, aliás a praticar o Montain Bike, e durante esses pedais várias paisagens me chamavam a atenção. Foi então que comecei a fotografar, com o celular mesmo, locais maravilhosos e que, até então, poucas pessoas conheciam, a não ser aquelas que participavam dos pedais”.

O que era acaso acabou se tornando um hobby, um hábito. “Sempre postava essas fotos em minhas redes sociais e acredito que por isso fui convidado a participar do grupo ‘Maravilhas de São José do Rio Pardo’, que é voltado a postagens que retratam a cidade. Percebi que as pessoas, tanto ali, como nas minhas redes particulares comentavam, se lembravam de fatos que haviam acontecido com elas em determinados locais fotografados, elogiavam minhas fotos. Isso fez com que eu quisesse fotografar mais e mais, inclusive há finais de semana que me dedico apenas a fotografar a zona rural de Rio Pardo” explicou.

Das inúmeras e belas paisagens rurais, Galego passou a fotografar também pontos turísticos e cartões postais de São José, a exemplo de igrejas, o Cristo, a ponte Euclides da Cunha, etc. “A fotografia te possibilita essa liberdade de escolher um lugar, sendo que alguns deles acabam passando despercebidos pela população e que são muito bonitos, como é o caso do antigo Mercado, do Pontilhão, enfim. Locais que muitas vezes estão presentes no cotidiano e não percebemos a riqueza de seus detalhes”, afirmou.

Apesar de ainda usar o celular, Galego se apaixonou tanto em fotografar que investiu em um drone e o equipamento vem fazendo a diferença nas imagens. “Posso captar ângulos bem diferentes. Geralmente quem vê comenta que nunca tinha visto aquela imagem captada daquela forma, principalmente pessoas que moram em fazendas quando olham as sedes fotografadas do alto, pois nem imaginavam como seriam os telhados e a magnitude daquele espaço”, contou.

GRATIDÃO E INCENTIVO

O despertar inúmeras recordações, sentimentos saudosistas e felizes nos internautas e em seus seguidores fazem com que Galego sempre poste imagens diferentes toda a semana. “É gratificante ver os comentários, muitos até agradecidos pelas fotos que os fazem reviver bons momentos do passado e do presente”, afirmou.

As fotografias de Galego despertam ainda a curiosidade nas pessoas para conhecerem lugares bucólicos, além de incentivarem a prática de esporte, como o próprio Montain Bike ou a caminhada. “É muito bom saber que minhas fotografias acabam incentivando as pessoas a praticarem uma atividade física ou mesmo fazer com que conheçam esses pontos, principalmente na zona rural que, por sinal, tem realmente lugares belíssimos para serem visitados”.

Além disso, Galego também observou que fez muitos amigos através da fotografia. “Criar novas amizades, incentivar ao esporte e fazer com que as pessoas recordem e conheçam tantos lugares são meus incentivos para continuar fotografando”.

A ARTE DA FOTOGRAFIA COMO TRABALHO

Fotografar paisagens está proporcionando até mesmo oportunidades de trabalho a Galego. “Já fiz alguns trabalhos fotográficos, inclusive filmagens utilizando o drone. Também pretendo fazer um trabalho fotográfico de mapeamemento para o cicloturismo aqui na cidade a convite do Comtur. Eu nunca pensei que um hobby poderia se tornar até mais uma oportunidade de trabalho, mas estou gostando muito de fazer tudo isso e não pretendo parar. Hoje posso dizer que a fotografia se tornou uma inspiração para minha vida”, concluiu.

Quer conhecer mais sobre as fotografias de Alexandre Galego?

Facebook: Alexandre Galego; Instagram: galegoalexandre; Contato: (19) 9-9248-5644

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
%d blogueiros gostam disto:
Secured By miniOrange