Maria Lúcia: Ela abriu as portas do Centro Cultural Ítalo-Brasileiro à população

http://www.minhasaojose.com.br

A presidente destacou que a atual diretoria feminina se propôs a fazer um mandato ativo em todas as esferas

O que antes era uma Casa voltada apenas para os italianos e seus descendentes, agora ganhou um novo olhar por Maria Lúcia Cagnoni Landini Basili. Ela, que preside o Centro Cultural Ítalo-Brasileiro desde 2016, destacou que sua diretoria, a primeira formada só por mulheres, está conseguindo fazer com que o CCIB seja mais conhecido entre os rio-pardenses, inclusive com aceitação de sócios de outras descendências, não apenas a tradicional italiana.

“Desde que assumimos, nosso objetivo era o de movimentar o CCIB e fazer uma gestão ativa. Graças a Deus estamos conseguindo”, disse.

Associada há anos, Maria Lúcia destacou que a associação sempre fez parte de sua vida, uma vez que seus pais também frequentavam o espaço. “Meu pai foi presidente daqui e eu cresci frequentando a Casa d´Itália, nome de fundação do atual CCIB. Portanto, tenho um carinho muito grande pela associação”.

Para fazer com que os rio-pardenses conhecessem um pouco mais o CCIB, a gestão feminina passou a promover alguns eventos abertos ao público, entre eles palestras, desfiles e até mesmo chás, sendo alguns deles beneficentes.

“É até engraçado, mas muita gente nunca havia entrado aqui no CCIB e ficam maravilhados quando têm a oportunidade de conhece-lo, principalmente pela beleza do prédio, da arquitetura, estrutura, enfim. Sinto-me orgulhosa em levar um pouco dessa cultura, da história de nossa cidade a um público que nunca tinha tido a chance de entrar aqui”.

Nas palestras, Maria Lúcia faz questão de trazer rio-pardenses ilustres que residem fora de São José e também pessoas renomadas da cultura brasileira, como foi o caso da jornalista, empresária e consultora de moda Glória Kalil. “Abrimos espaço para que essas pessoas possam contar suas experiências e enriquecer nossas palestras, à exemplo da psicóloga Marina Simas, entre outros nomes. Essas palestras são gratuitas e é uma forma de levarmos conhecimento ao público, bem como abrir as portas do CCIB para cada vez mais pessoas”.

Além das palestras, que também fazem parte da Semana da Mulher, a associação comemora a Semana do Italiano, em setembro, o aniversário dos associados (realizado de quatro em quatro meses) e eventos que já são tradicionais, como o “Queijo & Vinho”.

O CCIB também possui escola de italiano. O curso pode ser feito por associados e não associados e é cobrada uma taxa mensal.

Maria Lúcia e a secretária do CCIB, Renata Aga Roque, no Centro da Memória Rio-Pardense, tendo ao fundo telas do acervo do saudoso professor Rodolpho José Del Guerra

ADEQUAÇÕES: CINEMA E CENTRO DA MEMÓRIA RIO-PARDENSE

O prédio do CCIB também abriga o Cine Colombo e o Centro da Memória Rio-Pardense, dois espaços culturais que nos últimos meses passaram por adequações, inclusive para poder funcionar, como é o caso do cinema.

“Essas adequações fazem parte de um projeto de segurança, proposto pelo Corpo de Bombeiros, sendo uma exigência do órgão para que alguns estabelecimentos possam ter o alvará para funcionamento”, explicou.

As principais mudanças foram a instalação de uma caixa d´água de grandes proporções, além da tubulação condutora de água e hidrantes.

“Além disso, no Centro da Memória também providenciamos mobiliário e pintura, já que é um local de pesquisa frequentado por muitos estudantes. No mesmo espaço funciona a Pinacoteca, inclusive com o acervo do saudoso professor Rodolpho José Del Guerra, que está exposto, e ainda o arquivo fotográfico”.

Nestes quase quatro anos à frente da presidência do CCIB, Maria Lúcia disse que se surpreendeu com ela mesma. “Nunca imaginei que pudesse conduzir tudo isso, aprender, tomar inúmeras decisões, mas esse período vem sendo muito produtivo para mim como pessoa, pois até minha timidez estou conseguindo superar”.

Além de uma anfitriã nata, Maria Lúcia conta ainda com o apoio do marido, Maurílio Edson Basili. “Maurilinho me incentiva e está presente em todos os eventos aqui no CCIB, sempre apoiando nossa diretoria feminina”.

CCIB ESTÁ EM BUSCA DE NOVOS ASSOCIADOS

O CCIB está em busca de novos associados. Quem tiver interesse e quiser saber mais sobre o assunto pode entrar em contato com a secretária Renata Aga Roque, pelo telefone 3608-4358.

Diretoria do CCIB biênio 2018/2019

Maria Lúcia Cagnoni Landini Basili – presidente

Maria Leonor Trovatto de Pietro – vice-presidente

Secretárias: Raquel Paula Silva e Souza, Maria Rosa de Ávila Farah, Rina de Rosa Marcondes e Naziha Germek

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br