Dengue: Eliminação de criadouros do Aedes Aegypti deve acontecer também no inverno

http://www.minhasaojose.com.br

Com 645 notificações e 379 casos confirmados até o dia 19, município vive uma epidemia da doença

Texto: Natália Tiezzi

A Vigilância Epidemiológica chamou a atenção dos rio-pardenses quanto à eliminação dos criadouros do mosquito Aedes Aegypiti também nestes meses de inverno, períodos em que muita gente acredita que a Dengue não acontece.

“Os quintais devem ser vistoriados constantemente e os recipientes que acumulam água precisam ser eliminados mesmo no inverno, já que a Dengue pode ocorrer também nos meses mais frios, embora com menos frequência que no verão devido à diminuição das chuvas”, observou a enfermeira coordenadora da V.E., Gisele Santos.

Segundo dados divulgados na última sexta-feira, 19, a V.E. recebeu 645 notificações, com 379 casos positivos, 106 negativos e 159 aguardando resultado de exames. Com esses números, a cidade vive uma epidemia da doença.

Para auxiliar a população no combate ao mosquito da Dengue, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da V.E. e Centro de Controle de Zoonoses continua promovendo os Mutirões em diversos bairros. Na oportunidade, os agentes do CCZ e V.E. fazem visitas às residências para vistoriar os quintais, eliminar os criadouros e orientar os moradores,lembrando que o mosquito Aedes Aegypti não causa apenas a dengue, mas também transmite a zika, chikungunya e febre amarela urbana.

Os principais criadouros ainda são encontrados nas residências, a exemplo dos vasos de plantas, latões de água, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo recipientes pequenos, como potes e tampas de garrafas. Portanto, conscientize-se e elimine qualquer tipo de recipiente que possa acumular água e servir como criadouro. Onde não há mosquito, não há Dengue.

SINTOMAS

Os principais sintomas da dengue são:
• Febre alta (maior que 38.5ºC)
• Dores musculares intensas.
• Dor ao movimentar os olhos.
• Mal estar.
• Falta de apetite.
• Dor de cabeça.
• Manchas vermelhas no corpo.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br